Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

sicblogue

As audiências da estreia de Vidas Suspensas

Vidas Suspensas SIC

Chegou à SIC esta segunda-feira à noite o novo programa de informação da estação de Carnaxide, Vidas Suspensas.

O trabalho de Sofia Pinto Coelho que conta com a participação de Ribeiro Cristóvão mostrou no primeiro episódio a história de Delfim Sousa que entrou na cadeira há 34 anos e ainda se mantém detido após acumular várias penas por delitos cometidos dentro da prisão.

Emitido logo após o Jornal da Noite conduzido por Clara de Sousa, o primeiro Vidas Suspensas foi visto por uma média de 1 milhão 348 mil espectadores marcando 13,9% de rating e 27,3% de share tendo sido o 3.º mais visto do dia, o segundo do canal, atrás da novela Amor Maior.

O recluso 353 na estreia de Vidas Suspensas

vidas suspensas segunda

Chama-se Delfim e é o recluso mais antigo de Portugal. Esta segunda-feira, na estreia do programa Vidas Suspensas, a SIC revela a história da pessoa que está presa há 33 anos.

delfim - o prisioneiro 353

De Sofia Pinto Coelho com Ribeiro Cristóvão, o canal apresenta já a partir de amanhã logo após o Jornal da Noite a história daquele que foi considerado uma das pessoas mais perigosas do país.

Vidas Suspensas com data de estreia revelada

Vidas Suspensas brevemente

A ser preparado há vários meses, o programa de informação Vidas Suspensas que marca o regresso de Sofia Pinto Coelho com Ribeiro Cristóvão à grande reportagem já tem data de estreia marcada.

O espaço de informação - que não será emitido no Jornal da Noite - estreia a 27 de março em prime time (entre o noticiário das 20h00 e a novela Amor Maior).

Vidas Suspensas retrata casos simples de futuro incerto, histórias de vida, de esperança perdida e sonhos desfeitos

Novos formatos para ver na SIC Internacional África

SIC Internacional África

No dia em que a SIC Internacional reforçou a sua posição em África com o reposicionamento do canal surge a aposta em vários formatos para aquele continente.

Com o surgimento de uma nova imagem e com uma oferta mais próxima para o continente africano, o canal apresenta três novos formatos que prometem aproximar o público ao canal.

Ginga Bola, que terá condução de Paulo Garcia, é um dos formatos que chega ao canal na área do desporto com periodicidade semanal e é dedicado às Ligas de futebol de Angola, Moçambique e Cabo Verde.

Na área de lifestyle a SIC Internacional apresenta Está na Moda e será apresentado pela estilista Roselyn Silva.

Gira Disco é outro formato que promete marcar a diferença na SIC Internacional África e como o nome faz antever terá a música como base.

Aos formatos já referidos junta-se ainda as novelas Amor Maior e Rainha das Flores bem como quatro jornais diários sempre em direto.

Grandes formatos de entretenimento, séries e animação infantil aos fins-de-semana bem como os jogos da Liga NOS são outras das apostas do canal que só em África chega a mais de 7 milhões de telespectadores.

Duarte Gomes regressa aos relvados de micro na mão

image001.jpg

O ex árbitro internacional português Duarte Gomes e atual comentador desportivo da SIC vai ganhar mais espaço na informação dos canais.

A partir do próximo sábado, 11 de março, estreia no Jornal da Noite uma nova rubrica Ó Sr Árbitro naquele que será um regresso aos relvados, desta vez de microfone na mão.

Vai falar com árbitros, dirigentes e espectadores. É uma viagem ao futebol no seu estado mais puro, visto pelo olhar atento e crítico de quem apitou jogos nos maiores palcos do mundo do futebol.

O ‘Sr. Árbitro’ volta ao relvado, como professor, para lhe tirar dúvidas sobre situações excecionais. Vamos ouvir muitas vezes "Ó senhor árbitro!"

Na melhor das hipóteses.... sem nunca esquecer que um árbitro é um homem igual aos outros, igual a nós.

Apresentação - Duarte Gomes

Jornalista - Nuno Pereira

Imagem - Paulo Cepa e João Lúcio

Edição Imagem - Luís Gonçalves Grafismo - Paulo Alves

Ó Sr. Árbitro! também terá emissão na SIC Notícias, aos sábados às 23:40H e domingos às 16:40H.

Condenados agora em livro

Sofia Pinto Coelho

Partindo da premissa de ir a justiça também erra, a jornalista da SIC Sofia Pinto Coelho reuniu em livro história de Condenados que foram punidos pelos tribunais mesmo sem terem sido os culpados.

Depois da série com o mesmo nome no canal, Sofia Pinto Coelho fala agora em livro de alguém dos casos no mais recente livro editado pela Esfera dos Livros.

FB_IMG_1488567754292.jpg

A propósito deste tema a jornalista será ainda uma das convidadas da próxima emissão do Queridas Manhãs.

Assalto ao Castelo a 1 de março na SIC

Assalto ao Castelo

O sistema financeiro português acumula prejuízos. Nos últimos 9 anos o país suportou uma nacionalização, uma falência, duas resoluções, e diversas recapitalizações com empréstimos avalizados pelo Estado. A conta não para de somar números no vermelho. E não se prevê que pare tão cedo.

Uma interminável lista de devedores correu todas as capelinhas da banca a pedir dinheiro que nunca foi pago. Essas dívidas, vindas do tempo do dinheiro fácil, forçaram este ambiente pré-comatoso da banca portuguesa. No tempo em que foi possível distribuir lucros, os acionistas encaixaram; quando chegou o tempo dos prejuízos, estes chegaram aos bolsos do país inteiro.

No topo da pirâmide deste mundo insólito está a entidade a quem o legislador entregou a tarefa de supervisionar, monitorizar, avaliar o comportamento da banca e dos banqueiros. No topo dessa pirâmide está o Banco de Portugal. Ao longo destes quase dez anos, a instituição liderada, desde 2010, por Carlos Costa não conseguiu travar este impulso da banca para o abismo.

A SIC investigou e produziu três grandes reportagens. A primeira será emitida a 1 de março.