Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

sicblogue

"Três Irmãs" bate morangada

Os dois programas que se estrearam segunda-feira na SIC conseguiram melhores resultados que os seus antecessores, ainda que não tenham tido audiências arrebatadoras. Três Irmãs e Nós Por Cá alcançaram shares mais altos que Rebelde Way e Roda da Sorte, respectivamente, quando passavam nos mesmos horários (cerca das 18.00 e das 19.00). A nova telenovela brasileira bateu mesmo a repetição do episódio de Morangos com Açúcar, que passava à mesma hora na TVI, algo que raramente Rebelde Way conseguia fazer. Quando Três Irmãs arrancou, Morangos com Açúcar, da TVI, tinha começado um minuto antes e Portugal em Directo, da RTP1, estava a três minutos de iniciar. No final, o programa de noticiário regional da estação pública venceu com 36% de share, sendo que a telenovela brasileira do canal de Carnaxide ficou em segundo nesta batalha, com 23,9%. A série para adolescentes, uma repetição, não foi além de 23,3%. A série para adolescentes da SIC, a Rebelde Way, que passava sensivelmente à mesma hora antes do Natal, conseguia em média um share de 20,5%. Acrescente-se ainda que a telenovela da TV Globo liderou nas classes A/B/C1/C2 dos 25 aos 54 anos e nas classes A/B dos 25 aos 34 anos. No horário das 19.00 entraram em acção O Preço Certo, da RTP1, Nós Por Cá, da SIC, e mais um episódio de Morangos com Açúcar, na TVI. O concurso apresentado por Fernando Mendes venceu com 35,9% de share, tendo sido o sexto programa mais visto do dia. O episódio da série para adolescentes do canal de Moniz conseguiu 29,1% e o novo espaço informativo da SIC alcançou 23,5%. É certo que perdeu para a concorrência que passou à mesma hora, mas Nós Por Cá, apresentado por Conceição Lino subiu nas audiências em comparação com o concurso de Herman José, que o antecedeu. Aqui a subida foi ainda maior que a de Três Irmãs em relação a Rebelde Way: o noticiário de Conceição Lino fez mais 5% de share que a média de Roda da Sorte. Nós Por Cá liderou nas classes A/B/C1/C2 dos 25 aos 54 anos e nas classes A/B dos 25 aos 34 anos, tal como aconteceu com a telenovela Três Irmãs. Além disso, verificou-se uma subida em todos os targets, com excepção da dos maiores de 74 anos. O noticiário que antecede o Jornal da Noite conseguiu ainda aumentar as audiências na Grande Lisboa com um resultado de 24.5%, o que representa uma subida de 8.8% em relação à média deste período horário. Não tendo sido um resultado espectacular, estes valores indicam que as apostas de Luís Marques e Nuno Santos já mostraram alguns resultados positivos, num horário fundamental de acesso ao prime time, nomeadamente ao Jornal da Noite, que ontem ficou em quarto lugar, logo a seguir ao Telejornal, da RTP1.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.