Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

sicblogue

Momentos de Mudança dia 15 com o Fecho da Fábrica

‘Momentos de Mudança’ parte para o segundo episódio focada nas transformações da economia. Como é que o tecido empresarial enfrenta uma depressão económica inimaginável há 20 anos, em 1992?

Olha para o relógio mais do que uma vez mas parece esquecer-se das horas. O nervosismo fá-lo andar para frente e para trás antes de enfrentar as funcionárias. Vai tomar uma das decisões mais difíceis da vida dele. Há mais de um ano que a pequena confecção de Vítor Rita vivia no fio da navalha.

Mas o tempo da instabilidade começara muito antes. Na altura em que as encomendas começaram a decrescer ao mesmo ritmo em que diminuía a capacidade de competir com os gigantes do têxtil mundial. A globalização e em particular a entrada da China no mercado europeu quase ‘ridicularizou’ os preços praticados pelos pequenos produtores.

A crise económica foi a estocada final na microempresa de 10 funcionários. “O que nós facturávamos já não era suficiente para as despesas que íamos tendo no dia-a-dia”, conta Vítor Rita. Chegou quarta-feira, 7 de Março de 2012. O dia mais difícil. A decisão está tomada há 15 dias. Vítor vai ser obrigado a fechar a fábrica que o pai ergueu. O encerramento vai deixar no desemprego dez pessoas. Nove funcionárias e ele próprio, o patrão. “Vítor | Fecho da fábrica” mostra um encerramento por dentro e reflete o cenário económico português. Estendido há mais de 20 anos sobre uma frágil rede de PME’s e esticado até aos limites tem sido o primeiro a ceder ao peso da crise. “O que é que a minha história diz? É o espelho do país aquilo que está a acontecer”, conclui Vítor. Sem trabalho e com uma família a cargo ‘Momentos de Mudança’ acompanha o desenrolar da história de Vítor com um final surpreendente.