Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

sicblogue

A Favorita com novo horário

A novela brasileira de maior sucesso nos últimos tempo aproxima-se do seu epílogo e com isto vai passar a dar no horário de "Podia Acabar o Mundo". Sendo assim, já a partir de amanhã, poderá assistir aos últimos episódios desta novela a partir das 22h35 na SIC.
"Podia Acabar o Mundo" passará a ser emitida no horário que era da "Favorita", ou seja, a partir das 23h30.

SIC Blog Entrevista... Jorge Gomes > a cara por detrás da voz

Na SIC desde 1993 Jorge Gomes é um dos primeiros voz off da televisão privada em Portugal. Tem um trabalho de prestígio pois é um dos que nos acompanha nas “promos” aos mais diversos programas da estação. Começou na Rádio quando tinha apenas 17 anos. Diz que gravou centenas de spots promocionais para a estação. Quanto à sua profissão considera como sendo uma identidade e que é uma função de enorme responsabilidade. Fique a conhecer melhor a cara que está por detrás de uma das Vozes da SIC.

Quem é o Jorge Gomes?
Do lado profissional sou Locutor de televisão, rádio e publicidade, nomeadamente locutor de continuidade da SIC desde 1993 e Voz de estação da SIC Noticias desde 2006.

Como é que surgiu a locução na sua vida?
Provavelmente com o programa TNT (todos no Top) da Rádio Comercial apresentado, à data, por Jorge Pêgo.
Eu teria, nessa altura, uns 10 anos. Seguramente que a Paixão pela Rádio começa aqui. Nas férias, passava as manhãs com o ouvido colado ao Rádio para escutar os “hits” da época. A prática surgiu, por mero acaso, aos 17 anos, em período rebelde das Rádios, concretamente em Dezembro de 1986, na Onda Livre da Amadora, estação que viria a encerrar em 24 de Dezembro de 1988 por imposição legal, não tendo sido posteriormente legalizada no concurso público que atribuiu as frequências 93.7Mhz e 107.2Mhz ao mesmo concelho. Curiosamente, frequências atribuídas a duas estações que, nos dias que correm, de rádio local terão apenas a antena colocada no concelho da Amadora. A prática da Locução surgiu após ter feito testes nesta Rádio. Uma semana depois estava no Ar, no programa “FM em 2ª Fase”. Duas horas, à segunda-feira, partilhadas com dois amigos e colegas de escola. Um dos quais, o verdadeiro responsável pela minha ida à rádio. Isto, por que esse meu caro amigo, o “sardinha”, durante um intervalo na escola comentou que iria fazer testas à Onda Livre e desafiou-nos, a mim e ao Francisco Gil, a segui-lo. Disse-lhe que não iria. Mas após muita insistência, acabei por ceder, frisando que o fazia apenas para olhar à rádio por dentro. E depois de lá estar não tive alternativa. Colocaram-me os textos à frente, empurraram-me para dentro do estúdio e por aqui ando, há já 20 anos, apaixonado pela Locução. O impulsionador “Sardinha”, meses depois, viria a desistir da Rádio. O Gil continuou e está hoje na media capital Rádios, como Locutor e Coordenador de Programas. Um Grande Abraço para eles.

Quantas vezes grava uma "promo" a um programa para que ele fique perfeito no final?
Pode ser à primeira ou não. Depende de vários factores, nomeadamente do criativo que pensou a “promo”.
Estar descansado também é importante, uma vez que tem reflexo directo na voz e na dicção. Tal e qual um atleta que, para estar em forma, tem de trabalhar (treinar) e descansar.

Tem a noção de quantos spots já fez para a SIC?

Não tenho. Mas arrisco dizer que já gravei umas largas centenas.

Desde quando é que está na SIC e como é que integrou a estação?
Estou desde Abril de 1993. Integrei a estação depois de aceitar um convite. Na altura, era locutor da TSF-Rádio Jornal. Acumulei a Rádio e a SIC durante 1 ano. Acabei por sair da Rádio para terminar a minha licenciatura em Gestão. Equacionei algumas vezes o regresso à rádio, mas a televisão passou a estar mais presente nos meus dias. Comecei a fazer voz-off para quase todos os programas da sic, nomeadamente os produzidos pela Endemol e pela Teresa Guilherme, produções. Cheguei a ter um convite para ingressar na Rádio Comercial, mas acabei por não aceitar devido à falta de tempo.

Faz também publicidade. Há uma diferença entre publicidade e entre os spots para a SIC ou é tudo igual?
O princípio é o mesmo, vender um produto. A forma é que é diferente. Num spot de auto-promoção, na grande maioria das vezes, grava-se primeiro a voz. O vídeo é montado tendo por base a Locução. O Spot é, depois, finalizado na Pós-Produção-Audio. A Locução é acompanhada apenas pelo assistente de auto-promoção e muito raramente pelo criativo até porque o spot é feito para o Locutor/Voz de estação que é sempre o mesmo. Na publicidade para tv, a voz é gravada tendo por referência o vídeo já finalizado. A gravação da Locução é habitualmente acompanhada por uma batalhão de pessoas, desde o criativo à produtora, tornando-se, por isso, mais exigente. Tem que ficar igual, no mais ínfimo pormenor, ao que o criativo imaginou. Para cada spot é escolhida uma voz diferente.

Quando dava a "Floribella" o Jorge era o homem dos beijinhos enquanto passava o genérico final. Era difícil a selecção de mensagens para passar naqueles segundos?
Tudo começou quando alguém, no corredor da SIC, me disse que a filha chorava quando acabava o episódio da Floribella por que queria ver mais. Nesse mesmo dia mandei um beijinho da Floribella para essa menina. E a partir daí, começaram a chover pedidos de todo o lado, sem que nunca tenha anunciado qualquer morada ou numero de telefone. A bola de neve aumentou de tal forma que deixei de dizer apelidos para que o mesmo nome pudesse servir para várias crianças. Cheguei a anunciar 30 nomes por dia e ter a agenda cheia para o mês seguinte. Houve dias em que sai às 6 da manhã da SIC porque fazia questão de ler e agendar todos os pedidos.

O que significa para a SIC?
Como profissional, só a SIC pode responder. Em relação à função que desempenho significo identidade, no sentido de que as vozes identificam as estações seja de televisão ou de rádio. É, por isso, uma função de enorme responsabilidade.

Trabalha mais para a SIC Generalista ou para os outros canais da SIC como SIC Notícias, Mulher ou Radical?
Trabalho para a SIC generalista e para a SIC Noticias. Mas se for preciso, também o faço nos restantes canais, como já aconteceu, nomeadamente, na SIC Radical e na SIC Internacional.
Os spots finais nos genéricos são em directo ou são gravados e depois há uma montagem?
As locuções dos genéricos finais e dos quadros de programação são sempre em directo. É como fazer rádio na televisão. Os Locutores de Continuidade preenchem, todos os dias incluindo o fim-de-semana, o período quase total de emissão da SIC, excepto de madrugada. Por isso, têm de funcionar em equipa. As locuções são sempre em directo para que as informações sobre a programação possam ser actualizadas a qualquer altura, tal como acontece num noticiário.

Qual foi o spot mais difícil de gravar?
Provavelmente os spots que acabaram por me reservar um lugar como locutor da TSF, em que apenas tinha de dizer TSF-Desporto. Tal e qual um exame nacional que dá acesso à universidade.


O SIC BLOG AGRADECE TODA A DISPONIBILIDADE DEMONSTRADA
POR PARTE DO JORGE GOMES

SIC blog Entrevista...

O SIC blog vinha a prometer novidades para este ano. Pois muito bem. Graças à colaboração de jornalistas, realizadores, operadores de câmara, vozes off da SIC entre outros poderão passar por aqui em entrevista exclusivas ao SIC Blog!
Aqui está a primeira. SIC blog entrevista! E entrevista quem? Poderão ser jornalistas, poderão ser operadores de câmara, poderão ser apresentadores e poderão ser outros que trabalhem na SIC. Dentro de breves minutos teremos aqui o primeiro SIC Blog entrevista.

Como enviar vídeos para o Tá a Gravar

O SIC Blog tem recebido muitos comentários e e-mails (blog.tuga.news@gmail.com) a pedir informações de como se manda vídeos para o programa “Tá a Gravar”.
Sendo assim aqui fica um esclarecimento: a melhor coisa a fazer é colocarem os vídeos no Windows Movie Maker e depois quando concluírem os vídeos façam-no via “enviar por correio electrónico”. Aí aparece uma janela e enviam para gravar@sic.pt.
Se precisarem de mais nformações enviem um e-mail para o blog!

Obama em destaque na SIC

Na semana de tomada de posse de Barack Obama, a estação de Carnaxide foi a que mais peças noticiosas lhe dedicou.
Segundo um estudo da MediaMonitor, da Marktest, a SIC registou 55 notícias, de mais de duas horas de duração, seguindo-se a TVI, com 32 peças e a TVI, com 23.
Entre 19 e 25 de Janeiro, foram emitidas 124 notícias com referências a Barack Obama no serviços regulares de informação, o que corresponde a 7.3% do total de matérias tratadas nesse período. A TVI foi, no entanto, o canal que exibiu peças de duração média mais elevada.
fonte: JN