Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

sicblogue

"Mar Azul" substitui "Rebelde Way"

Está decidido! Assim que acabar a novela "Rebelde Way" estreia "Mar Azul". Isto mesmo foi referido no final da novela “Rebelde Way” que o voz off Jorge Gomes anunciou que “Mar Azul” vai estrear no horário da novela RBL! É uma série do mesmo género da Rebelde que será dobrada em português.
Aqui fica uma pequena sinopse da série:
É uma série voltada para adolescentes, cheia de namoros, intrigas, brigas, mas com um conteúdo leve, e adequado para todas as idades. Tem início com um grupo de adolescentes na praia dourada da Austrália, que passam a fazer parte de uma academia de surf profissional, a Solar Blue, com o objetivo de ganhar patrocínio e viagem para os melhores da classe. Com o passar dos episódios são focados uma gama de problemas e situações familiares e de grupo para alcançarem seus objetivos.
Será que os fãs e seguidores da "Rebelde Way" ficam contentes com esta decisão? Fica a questão.
Aqui ficam 2 vídeos: o 1.º é publicidade e o 2.º é o genérico "original"


Dia D com 18,8%!

Segundo dados disponibilizados pelo blog A minha tv o programa Dia D de ontem que teve como convidada Manuela Ferreira Leite esteve... mal.... O programa perdeu! Há que admiti-lo. No entanto hoje a comunicação social só fala dele! 18,8% foi quanto o programa de entrevistas de Ana Lourenço obteve de share. Ficou atrás da RTP1 e muito atrás da TVI!
No entanto quem se safou no horário nobre da SIC (20h-24h) foi o Jornal da Noite com uma audiência perto dos 30% (29,3% de share). Nós por Cá ficou-se pelos 16,5% e Salve-se quem puder ficou nos 23,0%.

Mundo da Patty estreia e é o mais visto

O Mundo de Patty, registou uma estreia positiva. A novela foi vista em média por 131.900 espectadores, obtendo uma média de audiência de 11,5% e um share de 56,5%. O formato juvenil ultrapassou a sua concorrência que no mesmo período horário (10h05 e 10h56), obtiveram uma audiência média de 1,1% (TVI) e 0,2% (RTP1). Mais de 72% do público de O Mundo de Patty era feminino, entre os 4/14 anos.
fonte: blog Por outro olhar

Mário Augusto com documentário na SIC

Três Ritas e uma Fernanda, com diferentes níveis de paralisia cerebral, são as protagonistas de ‘Até Onde Poderei Sonhar’, peça do jornalista Mário Augusto, que a SIC transmite domingo, às 21h00. Este trabalho é a última reportagem do autor e apresentador de ‘35mm’, que se desvinculou da estação para a qual vai passar a desenvolver novos projectos.
Uma das Ritas tem nove anos, é filha de Mário Augusto e é ela quem inicia e finaliza a reportagem. Rita sonha ser fisioterapeuta ou jornalista como o pai.
"Há um grande desconhecimento sobre a doença, que não escolhe idades nem estratos sociais. A paralisia cerebral é um azar no momento mais feliz da vida, o do nascimento, porque, por algum motivo, o cérebro não é devidamente oxigenado", explica Mário Augusto.
Numa reportagem de 30 minutos, Mário Augusto apresenta quatro histórias de vida e de coragem. Uma das narrativas fala de Fernanda, uma mulher de 37 anos que, apesar da gravidade da doença, é engenheira informática, conduz e concretizou o sonho de ser mãe.
Aos 46 anos, o autor de magazine de cinema ‘35mm’, em exibição desde 2003, na SIC Notícias, vai "mudar o rumo profissional". "Desvinculei-me da SIC. Vou passar a ser colaborador especializado na área do cinema e no desenvolvimento de novos projectos para a estação", anuncia.
Em Setembro, na SIC, o magazine ‘35mm’ vai aparecer "refrescado" e "com novos conteúdos".
PORMENORES
INCIDÊNCIA DA DOENÇA
Em cada mil partos, duas crianças ficam com paralisia cerebral. Em Portugal nascem 200 bebés por ano com a patologia.
LIVROS
Em 2005 e 2007, Mário Augusto editou dois livros sobre histórias e segredos das estrelas do cinema. As receitas reverteram para crianças com paralisia cerebral.
O AUTOR
Mário Augusto, pai de Rita e de mais dois filhos, fez carreira na SIC na área do cinema. Desvinculou-se do canal, mas mantém uma colaboração regular.
fonte & foto: site CM

SIC na onda dos concursos!

Depois dos bons resultados alcançados por "Salve-se quem puder", a SIC volta a escolher um concurso na linha dos velhinhos "Jogos sem fronteiras". "Todos gostam do Verão" (TGV) inspira- -se num formato espanhol.
Duas equipas, oriundas de diferentes regiões do país, superam obstáculos como passar por cima de troncos que rodam, sem cair dentro de uma piscina ou derrubar adversários com uma bola gigante, estando vendado. A decrição parece-lhe familiar? Faz lembrar os antigos "Jogos sem fronteiras", mas a verdade é que pertence a "Grand Prix", também conhecido como "El Grand Prix del Verano", um formato que há 14 anos é emitido na televisão espanhola e que servirá de inspiração ao novo concurso que a SIC pretende emitir ainda este Verão.
TGV, abreviatura de "Todos gostam do Verão", começa a ser gravado em Julho nos estúdios da Europroducciones, em Madrid, que produz o formato espanhol, e que vai ser responsável pelo português, ainda que com algumas alterações, conforme apurou o JN junto da estação de Carnaxide.
Esta produção insere-se na linha de "Salve-se quem puder", o concurso diário apresentado por Diana Chaves e Marco Horácio, que tem registado bons resultados de audiências e liderado a tabela dos programas mais vistos do canal. Anteontem, foi o oitavo programa mais visto do dia, dos quatro canais generalistas. Mas na véspera ficou em terceiro lugar.
Se seguir o modelo espanhol, TGV também poderá vir a ter uma dupla de apresentadores, mas os nomes só serão divulgados no final da semana. Em vez de construir um estúdio para o programa, a SIC optou por utilizar o que já está construído em Madrid, tal como tinha feito com "O mundo dos recordes", também da Europroducciones e apresentado por Rita Andrade. Os concorrentes serão levados a Espanha para realizar as provas.
fonte: site JN

TGV na SIC

A opção da SIC em viajar até Madrid para emitir TGV não se prende com o facto de Portugal ter adiado o concurso dessa grande obra pública para depois das eleições legislativas. Aliás, TGV na estação de Carnaxide não terá o significado de Train Grand Vitesse (comboio de alta velocidade), mas de Todos Gostam do Verão, um concurso bem ao género de Jogos Sem Fronteiras, que vai ser emitido a partir de meados de Julho num dos dias do fim-de-semana.
De acordo com o que o DN apurou, o programa vai ser gravado na capital espanhola porque as infraestruras já estão lá montadas, o que é benéfico financeiramente. Em princípio, o concurso vai ser gravado num grande estúdio e não ao ar livre, num formato parecido com o Jogo do Ganso (El Gran Juego de la Oca, no original em espanhol), emitido em meados dos anos 90 na TVI.
As inscrições para o novo concurso já foram abertas.
fonte: site DN