Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

sicblogue

Agora é só escolher...

As 20 candidatas que receberem mais votos do público e do júri serão contactadas pela organização do casting no dia 30 de Agosto para serem convocadas para uma avaliação presencial do júri que terá lugar no Hotel D. Pedro, em Lisboa, durante dois dias.
Esta avaliação será composta por entrevistas pessoais, testes de imagem, dicção e capacidade comunicativa.
Os vídeos destas 20 semi-finalistas vão estar disponíveis no site do Rock in Rio-Lisboa de 31 de Agosto a 6 de Setembro para que o público possa votar online novamente na sua preferida.
As 4 finalistas do “Casting Rock in Rio na SIC”, vão participar no programa Curto-Circuito, da SIC Radical, entre os dias 8 e 11 de Setembro para que o público as conheça melhor e ajude o júri a decidir qual deve ser a vencedora. A nova cara do Rock in Rio-Lisboa 2010 será revelada no dia 21 de Setembro, em directo no Curto-Circuito.
fonte: Jornal Hardmusica

Paraíso e Eterno Amor na rentrée

Na "rentrée" que se avizinha, a estação de Carnaxide vai estrear, além da novela portuguesa "Eterno Amor", com Luciana Abreu, Ricardo Pereira e Andreia Dinis, um "remake" da TV Globo: "Paraíso", uma trama rural.
Baseada no original de Benedito Ruy Barbosa, datado de 1982, "Paraíso" foi adaptada pela sua filha Edmara Barbosa e tem como tónica central uma história de amor vivida no campo. Em Portugal arranca em Setembro, tal como a nova novela da SIC.
Um olhar. Um sorriso. Um beijo roubado. É o quanto basta para alguém se apaixonar. As auto-promoções da novela deixam claro que, no "remake" de "Paraíso", a sua autora, Edmara Barbosa, aprendera com o pai a fazer de uma trama rural, uma história de amor entre uma jovem criada e um filho do diabo, um enredo com capacidade para encantar e prender os telespectadores.
Não foi à toa que este "remake", estreado no Brasil a 12 de Março deste ano, com 25 pontos de audiência e 47% de "share", bem melhor do que os 23 pontos alcançados com a exibição do último capítulo de "Negócio da China" - na qual participaram os portugueses Joaquim Monchique e Maria Vieira - , que fechou sua média média total em 20.3%, a mais baixa na história do horário.
De acordo com Benedito Ruy Barbosa, o "remake" de "Paraíso" é uma tentativa de atrair de novo o público jovem às novelas. "Perguntam-me onde está o amor nas novelas. Hoje em dia começa logo com o marido a trair a mulher, mulher essa que já dormiu com quatro", ressalta o autor.
A versão original, de 1982, foi gravada no interior do Rio de Janeiro. A nova "Paraíso" mereceu cenas que evocam o Pantanal, novela do mesmo autor, feita há 19 anos pela extinta TV Manchete e cuja versão arrebatou boa audiência para o SBT em 2008.
Responsável pela adaptação, Edmara Barbosa, filha do autor, assegura, porém, que a novela nada tem a ver com Pantanal. "Filmámos no Mato Grosso, a paisagem é diferente. Não tem tanta água e jacaré. Tem bois, pasto e paisagem da Chapada dos Guimarães. Fala da vida no Interior. Tem algo do folclore da Bahia. "O diabinho na garrafa vem um pouco de lá", assegura.
fonte: site JN

Frederico Roque de Pinho está de saída para a TPA

A SIC vai perder o seu chefe de redacção, Frederico Roque de Pinho, para a Televisão Pública de Angola (TPA).
O jornalista será consultor da administração do canal africano, que se encontra em processo de remodelação.
Frederico Roque de Pinho deverá fazer parte da equipa que vai dar uma nova cara aos noticiários da TPA e tem contrato com a estação para os próximos quatro anos. "Talvez até mais", prevê Frederico Roque de Pinho, que passou recentemente um mês em Angola, tratando de questões logísticas como a casa onde vai morar. "É um país em reconstrução e vou para um megaprojecto", classifica, em declarações ao DN.
No projecto de remodelação da TPA está também envolvido Renato Freitas, antigo quadro da SIC e sócio da produtora Até ao Fim do Mundo, responsável por formatos como Os Contemporâneos, o documentário Dar a Vida sem Morrer, o magazine Cuidado com a Língua, todos da RTP1, ou o programa TV Turbo, onde Frederico Roque de Pinho foi colaborador.
Sobre as futuras funções, o jornalista conta mostrar trabalho antes do início da Taça Africana das Nações, competição de futebol que se realiza em Angola e arranca no dia 10 de Janeiro de 2010.
A saída do jornalista, actualmente a coordenar o Jornal da Noite, já é conhecida na SIC. "Foi superdifícil tomar a decisão de sair", assegura Roque de Pinho, que trabalhou onze anos na estação de Pinto Balsemão.
A gozar de um período de férias, Roque de Pinho tem de acertar alguns detalhes quanto à sua saída da empresa, mas já não deverá voltar à redacção. O seu sucessor no cargo de editor executivo chefe do canal ainda não foi designado.
Este não é o primeiro profissional da SIC a sair da estação rumo a Angola. O jornalista e pivô Luís Costa Branco (na foto), da SIC Notícias, também está de partida para assumir a direcção do semanário Sol neste país.
fonte: site DN