Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

sicblogue

Gato Fedorento apresentaram novo programa

O quarteto de humoristas prepara para a SIC um formato que nada tem a ver com o estilo a que têm vindo a habituar os espectadores.
Aproximando-se do género do "Daily show",como avançou em primeira mão o JN, Ricardo Araújo Pereira, José Digo Quintela, Miguel Góis e Tiago Dores estrevistarão os protagonistas das eleições legislativas e autárquicas que se avizinham. O programa chama-se "Esmiuça Sufrágios".
O conteúdo viverá na antena de Carnaxide com periodicidade diária, terá uma duração de aproximadamente 25 minutos, sendo que arranca no próximo dia 14, segunda-feira, logo após o "Jornal da Noite".
Desengane-se quem cogitar que os comediantes vão parodiar os políticos através de "sketches", vestindo bonecos alegóricos cujo cunho impresso se prende apenas com sátira.
José Sócrates, ou Manuela Ferreira Leite, entre outros, serão confrontados, em estúdio e em directo, com os seus programas eleitorais. Preconiza-se que os quatro elementos que compõem o leque dos "Gato fedorento" se revezem semanalmente.
A tónica estará no registo cáustico que os caracteriza, no entanto, não pretendem achincalhar ninguém. Ou melhor, tratar-se-á de um misto de ironia e alguma seriedade que, de todo, não se reveste da postura que costuma ser seu apanágio.
Outro dado curioso é o facto da banda sonora do genérico do programa ser assinada pelo consagrado músico português Rodrigo Leão.
fonte & foto: site JN

10 anos depois... o CC continua

Esta terça-feira é um dia especial para Rui Unas e Rita Mendes. Por uma razão simples: vão apresentar o Curto Circuito (CC), SIC Radical, no dia em que se celebra uma década após a primeira emissão no extinto CNL (Canal Notícias de Lisboa). “O Curto Circuito foi determinante para fazer aquilo que faço hoje”, explica Rui Unas à Notícias TV. Aliás, o actor de 35 anos tem sido o apresentador de serviço no último mês, mas é esta terça-feira que vai sentir a nostalgia na pele. Sobre o programa, o que sabem é que vão ser recordados os melhores momentos da primeira emissão e, naturalmente, que a produção os vai brindar com surpresas. E do que é que Rui e Rita têm mais saudades? “Tenho saudades do meu público e de todos os dias partilhar ideias, sentimentos com ele”, resume a relações públicas de 32 anos. Já Unas sente falta de outro aspecto: “Do que sinto saudades é do ‘descomprometimento’, da inocência, daquela sensação de não sabermos o que estávamos a fazer e no que ia resultar”. Passados dez anos, ambos concordam que o CC marcou o nascimento de um novo género de comunicação: interagir em directo com o público jovem.
fonte: site DN