Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

sicblogue

Altos e Baixs na Reportagem SIC

Amanhã é dia de Grande Reportagem na SIC e vamos ficar a conhecer melhor os anões e as diferenças que existem entre as estaturas das pessoas ditas normais e dos anões! Ficaremos a conhecer 3 histórias (um é actor e entrou num telefilme da SIC "Facas e Anjos").
A não perder amanhã na SIC logo a seguir ao Jornal da Noite e antes de Perfeito Coração que a partir de 2010 dará diariamente!

"Querido" mudou Aldeia SOS de Gaia

Hoje, às 19 horas, a SIC Mulher transmite mais um "Querido, mudei a casa". O programa apresentará a intervenção da mediática equipa na sala de convívio da Aldeia de Crianças SOS de Gulpilhares, em Vila Nova de Gaia.
"Um desafio muito especial" foi o que encontrou a equipa do "Querido, mudei a casa" em mais uma intervenção, desta vez no Norte, e que o JN acompanhou. Desta vez, o objectivo passou por reabilitar a sala convívio da Aldeia de Crianças SOS de Gulpilhares, em Vila Nova de Gaia, apresentando-se como uma dos programas solidários previstos para cada temporada do formato da SIC Mulher. Um objectivo que, segundo o produtor Pedro Filipe-Santos, só foi possível de concretizar "com o apoio da Duracell".
Nesta intervenção a Norte, o trabalho de remodelação demorou mais do que as 48 horas habituais, até porque se quis "apanhar a reacção das crianças de dia", acrescenta o responsável pela Briskman Entertainment, produtora que faz o programa. Directamente o projecto "envolveu 15/16 pessoas. Com os patrocinados, eram mais de trinta a trabalhar".
Na Aldeia SOS não foi possível fechar a porta sem que os beneficiados se apercebessem das movimentações. Controlar a curiosidade dos mais pequenos foi complicado e houve mesmo que tapar as janelas com plásticos. O descanso, quer para o pessoal da obra, como para os elementos da produção, só aconteceu à noite, num sono " de cerca de seis horas". Outras paragens "só mesmo para almoçar jantar", frisou Pedro Filipe Santos.
Mesmo com pouco descanso, a apresentadora Sofia Carvalho, a decoradora Ana Rita Torres, o responsável da obra João Benedito, e o realizador Samuel Fortuna nunca perderam a energia, até porque a recompensa surgiu no final. No lugar de uma sala grande, mas sem identidade, nasceu um local de convívio com personalidade, moderno e capaz de agradar a miúdos e graúdos.
"Aqui, fizemos um projecto muito mais abrangente, porque tivemos que construir um espaço para crianças com idades muito variáveis -dos 6 aos 21-, o que dificultou ainda mais o trabalho, mas valeu a pena", confessou Ana Rita Soares. Para a designer de interiores, "o espaço ficou mais funcional". Entusiasmada, Sofia Carvalho acompanhou, como sempre, todo o processo, até porque considera "cada 'Querido' uma experiência única": "Cada programa tem sempre uma história humana por detrás e isso, para mim, é o mais importante. Para nós, o final é o melhor, porque são os sorrisos das pessoas. O objectivo deste programa é transformar a vida das pessoas e levar a felicidade e, nesse ponto, acho que somos um grupo privilegiado". O "trabalho duro" pertenceu a João Benedito e aos seus colaboradores. "Pintar" é o que ele mais gosta de fazer e, em Gaia, a área generosa encheu-lhe as medidas e permitiu-lhe dar mais cor ao dia-a-dia de quem mais precisa.
fonte: site JN