Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

sicblogue

Raquel Strada ganha programa na SIC Kids

A actriz e apresentadora da SIC é a cara do magazine semanal 'Factor K', um dos formatos da grelha da SIC Kids, canal temático que deverá começar a emitir antes do Natal.
Cultura urbana e lifestyle para um público jovem. É este o ponto de partida do programa Factor K, um magazine semanal, de 22 minutos, que a Subfilmes está a produzir para a SIC Kids. O canal temático - que se junta ao portefólio do grupo Impresa, de Francisco Pinto Balsemão, que já conta com a SIC Notícias, SIC Mulher e a SIC Radical -, deverá arrancar ainda em Dezembro, tal como Zeinal Bava, presidente da PT, anteviu no anúncio da parceria entre os dois grupos, em Julho. Para já, a cerca de um mês do arranque do canal, que será distribuído apenas através do Meo, da PT, Factor K é o único conteúdo da grelha conhecido.
E, segundo apurou o DN, Raquel Strada foi a cara da SIC escolhida para a apresentação do formato. A actriz e apresentadora estreou-se na televisão em 2004, no Diário de Sofia, exibido na RTP. Integrou depois o elenco das telenovelas juvenis da SIC Floribella e Rebelde Way e, durante o Verão, foi uma das apresentadoras de SIC ao Vivo. Actualmente, é uma das repórteres de exteriores do programa de Fátima Lopes, Vida Nova.
"Desde que cool e trendy, tudo cabe neste magazine que pretende ser uma referência para os espíritos jovens informados deste país", explica a produtora em comunicado. Artes, agenda cultura, música, cinema, hot spots, viagens, desporto, moda, design e tecnologias são alguns dos temas em destaque. Mas como nem só de lazer se faz a vida, as questões sociais e ecológicas também serão abordadas.
Entrevistas de rua em que os jovens são convidados a dar a sua opinião sobre as questões na ordem do dia é uma das apostas do formato. Contribuindo para a bagagem cultural de qualquer jovem, o Factor K irá ainda lançar pequenos conteúdos de conteúdo "clássico". Um dos grandes desafios da produção é abordar os temas de formal original, numa época em que os jovens estão sempre ligados à Internet e têm a informação sempre à mão.
Numa fase inicial, o canal temático dirigido por Pedro Boucherie Mendes irá apostar sobretudo em conteúdos internacionais e, tal como Luís Marques, director-geral da SIC, revelou durante o anúncio da parceria com a PT, os custos de grelha do novo canal devem rondar os dois milhões de euros, em linha com os outros dois canais temáticos da SIC.
Foi também em Julho, durante a apresentação à imprensa do acordo entre a SIC e PT para fornecimento de conteúdos na área da televisão e Internet que Zeinal Bava, presidente da PT, afirmou que pretendia dar uma prenda aos portugueses, antevendo o lançamento do canal próximo da quadra natalícia, em vez de ser apenas no início de 2010 como estava estipulado no acordo.
fonte: site DN