Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

sicblogue

A corrida por um único objectivo

"Cerca de duas mil pessoas", segundo a SIC, acorreram ontem à pré-selecção de concorrentes ao "Ídolos", no Porto. Alguns passaram a noite ao relento. Quase todos dizem que estão ali para perseguir um sonho.
Ainda o sol não brilhava e uma enorme fila de sonhadores se alinhava pela margem do Douro, no Edifício da Alfândega. Nesta fase, que hoje termina, definem-se os candidatos aos 'castings' propriamente ditos, através de uma pré-selecção realizada pela produtora, a Fremantle Media. No total destes dois dias, são "esperadas seis mil pessoas", diz fonte oficial.
Esta é a edição mais procurada de sempre do "Ídolos". A primeira contou com 5600 inscrições; 7 mil tentaram a sua sorte na segunda e, afirma a SIC, "cerca de 15 mil inscrições" foram registadas no regresso do concurso à televisão.
Silvana Pereira, de 23 anos, era uma das muitas pessoas vindas de Coimbra. Chegou às 7 horas, mas mantinha a sua figura impecável e equilibrada em negros saltos altos debaixo de um sol capaz de derreter qualquer maquilhagem. Interrompeu os estudos de um mestrado em Análises Clínicas para revelar os seus dotes vocais. "Sempre cantei e gosto muito de cantar fado", conta.
Entre a multidão, o sotaque brasileiro de Jonathan Oliveira destoava das cantorias de amigos acabadinhos de fazer. Este auxiliar de serviço numa fábrica de cerâmica chegou a Barcelos há quatro anos. "Já tive várias bandas no Brasil e esta é a primeira vez que participo num evento destes", conta. Agarrado à guitarra, diz que "se não passar é porque não tinha de ser. Nada é por acaso".
Deve ter sido por essa ordem de ideias que Liliana Pereira, de 21 anos, conheceu Aurelie Voirol, de 19, no comboio que veio de Braga. Em comum tinham a estação de saída e o sonho de cantar. Liliana ostentava uma redonda barriga de sete meses, mas nem procurou a organização para ter prioridade da fila, nem foi abordada com a civil oferta. "Não faz mal", sorriu, amparada pela companheira de viagem.
Para fintar o calor e a demora, muitos dos candidatos a cantores juntavam-se à volta de uma guitarra e uma canção para treinar as vozes. Não se avistaram figuras excêntricas ou bizarras, à semelhança do que nos habituou a versão americana do formato, que já prepara a sua 9.ª temporada. Apenas as passagens rápidas dos apresentadores do programa, João Manzarra e Cláudia Vieira, servia de bálsamo para quem nunca os havia visto tão próximos.
Só alguns acabarão por partilhar os estúdio dos "Ídolos". O júri desta que é a terceira edição em Portugal é revelado hoje, sendo que somente o nome de Moura dos Santos está confirmado. Amanhã e depois, será o júri oficial do programa que avaliará os candidatos pré-seleccionados e decidirá sobre a sua continuidade do programa.
fonte: site JN

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.