Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

sicblogue

Gala solidária enche Coliseu

Apresentada por Fátima Lopes e João Manzarra, passaram pelo palco nomes como Mariza, Camané, Carlos Costa, Cristina Branco, Diana Piedade, Filipe Pinto, João Gil, João Pedro Pais, José Cid, José Perdigão, Kátia Guerreiro, Laurent Filipe, Luís Represas, Mafalda Sacchetti, Marco Paulo, Nélson Canoa, Paulo de Carvalho, Pedro Jóia, Ricardo Ribeiro, Rui Massena, Rui Veloso, Sérgio Godinho, Vânia Fernandes, Xutos & Pontapés, entre outros.
O presidente do Governo Regional, participou em directo, desde o Funchal, agradecendo a solidariedade de todos os presentes no Coliseu dos Recreios, em Lisboa. Fortemente aplaudido e visivelmente emocionado, Alberto João Jardim declarou: «Não tenho palavras para vos agradecer toda esta amizade e toda esta solidariedade. Agradeço todos os que estão a ajudar e agradeço a esses fantásticos artistas e aos trabalhadores que privaram do seu salário».
«Portugal é tão grande e o nosso coração é tão grande, então porque é que andámos a perder tanto tempo?», questionou Jardim. «Vamos para a frente. A Madeira vai ser reconstruída. Portugal é isto». O líder madeirense apelou aos portugueses do continente para fazerem férias na Região e garantiu que dentro de dois meses, o Funchal já estará mais bonito.
Também Cristiano Ronaldo participou na gala da SIC. O futebolista madeirense deixou uma palavra de esperança aos seus conterrâneos e revelou que o Real Madrid está a estudar todas as formas de ajudar na reconstrução da Madeira. Cristiano Ronaldo manifestou ainda interesse em criar na Região escolas de futebol para os jovens e reafirmou a força e a determinação do povo madeirense em ultrapassar as dificuldades. O rapaz da Serra D'Água, Vítor, "o rosto da esperança da Madeira", destacado em reportagem do JM, esteve em foco no espectáculo, comovendo os milhares de espectadores no Coliseu.
O presidente da Câmara Municipal do Funchal, Miguel Albuquerque deixou igualmente uma palavra de agradecimento pela iniciativa da SIC. Durante a gala, os telespectadores contribuiram ligando para um número de valor acrescentado ou contactando o callcenter instalado no Coliseu, onde figuras públicas tomaram nota dos donativos entregues. Até próximo da meia-noite o espectáculo já tinha rendido 450 mil euros. Os montantes serão entregues à Associação de Desenvolvimento de Santo António e á Associação de Desenvolvimento da Ribeira Brava.
fonte: Jornal da Madeira