Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

sicblogue

Cenário de informação estreia a 19 de Setembro e há mais informação no canal!

Director de informação adianta alguns pormenores
A SIC está a preparar a estreia de três programas de informação que irão chegar à antena já depois da inauguração do novo estúdio, marcada para a próxima segunda-feira, dia 19 de Setembro. 
Alcides Vieira, director de Informação da estação de Carnaxide, adiantou ao Correio da Manhã que os novos programas irão ser lançados entre o final de Setembro e o início do mês de Outubro e vão complementar a oferta já existente e que se vai manter em grelha: ‘Futuro Hoje'; ‘Ir... é o Melhor Remédio'; ‘Perdidos e Achados' e ‘Grande Reportagem'. 
‘Sobreviventes', coordenado por Lúcia Gonçalves, será um dos primeiros a estrear e, em oito episódios, conta a história de portugueses que viveram situações-limite, entre a vida e a morte. 
Sofia Fonseca, após ‘Histórias com Gente Dentro', regressa com ‘O Meu Pequeno Mundo', que pretende mostrar histórias de locais de Portugal. Um dos exemplos a explorar é o Bairro Alto, em Lisboa. A outra novidade passa por ‘Bem Vistas as Coisas', da autoria de Augusto Madureira e que vai estar na linha do extinto ‘Nós por Cá', adianta Alcides Vieira. 
Miguel Sousa Tavares mantém o seu espaço de comentário à segunda-feira. Todos os programas serão exibidos depois do ‘Jornal da Noite', como um "complemento" ao mesmo. 
Sobre o novo estúdio, Alcides Vieira adianta que vai ter imagem e grafismo novos. Além disso, a nova organização vai permitir, por exemplo, que outros programas da estação sejam gravados no espaço do ‘Jornal da Noite'.

Manzarra com Chamar a Música e Nuno Graciano com Não Há Crise são as apostas do Verão

Na SIC, Júlia Pinheiro entrega o testemunho a João Manzarra, que se torna o grande rosto do Verão do canal de Carnaxide. ‘Peso Pesado’ termina e ‘Chamar a Música – Famosos’ regressa ao ecrã com o jovem apresentador como anfitrião. Com estreia marcada para 30 de Julho, sábado, o programa, que visa realçar as aptidões vocais de figuras públicas, será depois exibido todos os domingos. Manzarra levará ao palco deste programa, que teve como primeiro condutor Herman José, algumas das melhores profissionais da estação de Francisco Pinto Balsemão. Clara de Sousa, Cláudia Vieira, Conceição Lino, Liliana Campos, Vanessa Oliveira, Carolina Patrocínio, Rita Ferro Rodrigues, e até Júlia Pinheiro, estão entre os rostos que irão dar provas do seu talento. ‘Chamar a Música’ irá perfazer um total de nove emissões e ficará em grelha até ao final de Setembro.
Mas antes, a 1 de Agosto, outro rosto da SIC vai entrar em cena. Nuno Graciano regressa com mais uma temporada de ‘Não Há Crise’. Para o público mais juvenil, ‘Rebelde Way’ já está no ar. A produção, uma adaptação de um formato argentino de sucesso, torna a colocar no pequeno ecrã rostos como Joana Anes, Pedro Barroso ou Joana Alvarenga, entre outros. Esta produção da SIC conta ainda com Diogo Morgado, o qual está duplamente representado no canal de Carnaxide. Pois o actor é, também, o protagonista de ‘Laços de Sangue’, novela exibida no ‘prime time’ e que já deu à SIC a liderança da tabela de audiências. ‘Laços’ manter-se-á no ar durante o Verão, bem como alguns dos programas que têm o ADN da SIC. A nível da Informação, destaque para programas como ‘Ir é o Melhor Remédio’ e ‘Perdidos e Achados’, bem como as grandes-reportagens, algumas reféns de temas da actualidade.

Ir é o Melhor Remédio está de volta!

O roteiro da SIC está de volta, com uma abordagem diferente às viagens de fim de semana em Portugal. Há novidades no regresso de mais uma série de treze programas que integram o ‘Jornal da Noite’ às sextas-feiras.
Os jornalistas Teresa Conceição e Martim Cabral continuam a percorrer o país em busca dos segredos que Portugal ainda conserva. Ele selecciona restaurantes premiados, hotéis de sonho ou solares antigos; ela procura tasquinhas, esplanadas com vista e turismos rurais românticos.
Em cada semana, explora-se uma só região do país. Algarve ou Açores, Minho ou Madeira, o contraste é feito entre as escolhas de luxo e as sugestões menos doridas para a carteira, mas não menos bonitas. Duas formas diferentes de viajar por continente e ilhas. Um e outro… ao despique para aproveitar tempo e dinheiro da melhor forma.
Quem fica a ganhar é o espectador, que assiste às vantagens de duas escolhas: o que se procura mostrar é o melhor que Portugal tem. E o que pode fazer de uma viagem uma experiência para recordar.
A não perder ‘Ir é o Melhor Remédio’ às sextas-feiras no ‘Jornal da Noite’

Nós Por Cá pode regressar

Espaços como Perdidos e Achados, Futuro Hoje, Ir É o Melhor Remédio e Grande Reportagem vão continuar na antena da SIC. A novidade foi dada na edição de hoje do Diário de Notícias.
O matutino aborda ainda o formato do Nós Por Cá com o director de informação do canal, Alcides Vieira, a referir que vai continuar apesar de ainda não estar definido se será em rubrica como inicialmente ou será como programa.