Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

sicblogue

Gravações terminaram no Jardim do Tabaco

A maioria dos atores de “Dancin’ Days” esteve presente no Jardim do Tabaco, em Lisboa, onde foram filmadas as últimas cenas da trama que conquistou os portugueses! Emocionados e bastantes satisfeitos com o trabalho realizado, o elenco e a equipa técnica brindaram ao sucesso da novela da SIC.

“Vou ter saudades das pessoas, fiz grandes amigos e aprendi muito”, disse Joana Ribeiro, que se estreou nesta produção. “Quero ser atriz para o resto da minha vida!”, revelou a jovem de 21 anos. Feliz e com o sentimento de dever cumprido, Joana Santos já demonstra alguma nostalgia: “Foi um ano intenso, de muito trabalho, mas feito com muito prazer! Vou sentir falta do convívio”.

Soraia Chaves, fala da sua primeira experiência como coprotagonista de uma novela: “Orgulho-me de ter feito parte deste projeto, que tem recebido uma aceitação tão positiva do público. É bom ter esse reconhecimento!”

As gravações estão terminadas, mas a novela vai estar no ar ainda alguns meses. 

Dancin' Days - o livro é apresentado esta terça-feira

É já amanhã, terça-feira, dia 5 de março, a partir das 18h30 que é apresentado "Dancin' Days - o livro". A SIC, a Guerra e Paz Editores, o Clube do Livro SIC e a FNAC convidam todos a estarem presente na sessão de lançamento do livro onde vão estar também atores da novela líder de audiências em Portugal. Joana Santos, a Júlia de Dancin' Days vai mesmo falar aos presentes assim como as autoras Raquel Palermo e Sara Rodrigues. Estão ainda previstas intervenções de Luís Marques, Ricardo Pereira (da TV Globo Portugal) e de Jorge Marecos (SP Televisão).
A sessão de lançamento será feita na FNAC do Centro Comercial Colombo. 

 

SIC Blogue oferece durante o mês de Março três livros

Ao longo do mês de março o SICblogue e a Guerra e Paz Editores vão oferecer três exemplares do livro que chegou às bancasno final do mês de fevereiro. A página de Facebook do SICBlogue é o nosso ponto de encontro onde se desenrola todo o passatempo! Não fiques de fora e concorre já!

Dancin' Days no ar até ao Verão de 2013

A novela protagonizada por Joana Ribeiro, Soraia Chaves e Joana Santos vai estar no ar durante um ano. “Penso que [o final das gravações] é em fevereiro, a novela vai dar até ao verão. A nova [novela] estreará antes do verão”, garante Luís Marques à Notícias TV, confirmando, assim, que a novela que se estreou em 4 de Junho está para durar na antena da estação de Carnaxide.

Para já, e apesar do sucesso que a trama tem tido, mantém-se o número de episódios acordados desde o início. “A informação que tenho é que serão 280 episódios”, garante Pedro Lopes, o autor do remake à nossa revista, mostrando-se, contudo, disposto a escrever mais capítulos: “Depois de Laços de Sangue ter tido 344, estou preparado para um aumento de episódios (risos). Isso não me preocupa. A gestão da história no dia a dia, sim, preocupa-me”, assegura o argumentista, acrescentando que não teme que o público se canse da história: “Não tenho esse receio. Julgo que o público está, de facto, a gostar muito da trama. O importante é estarmos atentos à história e criar muitas situações, muitas reviravoltas que façam sentido.”

Na rua, Pedro Lopes tem sentido o sucesso da história: “Há sempre uma curiosidade enorme, as pessoas perguntam muito sobre o que poderá vir a acontecer, mas eu não posso responder”, conta, entre risos. Apesar do sucesso de Dancin’ Days, ainda não é para já que a SIC vai apostar em duas produções nacionais em horário nobre: Numa altura em que estão duas novelas portuguesas nomeadas para o Emmy Internacional, Gabriela Sobral, diretora de Produção da SIC, já pensa numa distinção também para Dancin’ Days. “Sinceramente, acho que Dancin’Days tem tudo para ganhar um Emmy. Mas não sei. A Gabriela (da TV Globo) é um grande trabalho, só que a Gabriela é um remake, uena...”, diz à NTV.

Já o autor admite que, neste momento, não é algo que lhe tire o sono: “É difícil dizer se vai ganhar um Emmy. Acho que temos uma novela com possibilidade de chegar longe. É um produto de qualidade, uma boa história, com boa imagem. A nível mundial, tem muita qualidade para lutar com qualquer outro produto. Mas neste momento estou preocupado em agradar ao público português. Depois pensaremos nisso”, concluiu Pedro Lopes.

Dancin' Days com mais um máximo de audiência

A novela da SIC Dancin' Days conquistou esta segunda-feira mais um recorde histórico de audiência. A novela protagonizada por Soraia Chaves, Joana Ribeiro e Joana Santos conquistou ontem o primeiro lugar do top dos programas mais visto com 18,7% de quota de mercado que corresponde a mais de 1 milhão e 700 mil espectadores.

O minuto mais visto do dia pertenceu, também, ao remake da novela brasileira com 21,8% de rating e 41,0% de share.

Joana Santos e a ida "na desportiva" para ir buscar o Emmy

Actualmente vive o papel de Júlia em Dancin Days, mas foi como Diana que chegou ao Emmy Award com Laços de Sangue. Algo que deixou Joana Santos feliz por ver que o trabalho feito em Portugal na ficção tinha sido reconhecido a nível internacional.

Em declarações à Notícias TV desta semana, a actriz refere que "nunca tinha ido a Nova Iorque e cheguei lá sozinha vinda do Brasil" sentindo de imediato que a cidade era algo de fascinante.

As poucas expectativas que a equipa criou (n.d.r. no ano anterior outra novela portuguesa tinha vencido um Emmy) levou a equipa que se deslocou aos Estados Unidos "na desportiva" apesar de nunca se ter colocado "em causa o facto de o produto ser bom ou mau, até porque Laços de Sangue foi uma novela de grande qualidade".

E não se importava de repetir o feito com Dancin Days. "Eu estava em êxtase, E estar ali com a Diana [Chaves], com o Diogo [Morgado] e com o Pedro [Lopes]... voltava a repetir. Pode ser que seja com esta novela. Era um sonho", garante.

Joana Santos "é bom estar num canal que está a apostar na qualidade"

A grande entrevista desta semana da Notícias TV tem Joana Santos como protagonista. A actriz exclusiva do canal fala sobre o remake de Dancin Days, sobre a sua preparação para interpretar Júlia e sobre a possibilidade de abraçar novos projectos em outras áreas na estação.

Joana Santos revela nesta entrevista que em dois anos passou de menina a mulher muito por causa do papel desempenhado em Laços de Sangue (a vilã Diana) e agora com a personagem Júlia. E 'desligar-se' da Diana era o seu principal objectivo. "A Diana foi uma personagem muito marcante e conseguir descolar da Diana foi realmente a minha grande conquista" refere a actriz que não quer "estar sempre a fazer a mesma coisa". 

Para Joana, as "audiências não me preocupa muito" apesar de deixar escapar que "claro que quero que tenha boas audiências" e isso mesmo tem acontecido desde o dia de estreia. A fama é coisa que não lhe sobe à cabeça e garante estar "com os pezinhos bem assentes na terra poorque é muito fácil deixarmo-nos deslumbrar" apesar de ser a segunda co-produção em que participa. Por isso mesmo não descarta uma ida para o outro lado do Oceano Atlântico desde que lhe façam "uma proposta que me agrade", frisa.

Com vínculo de exclusividade com a SIC, Joana Santos refere que a experiência "tem corrido muito bem. Começou no Laços de Sangue, esta é a segunda novela que estou a fazer para a SIC e espero que seja outro êxito. A SIC está a apostar cada vez mais na ficção, está a fazer projectos com muita qualidade" e isso na sua opinião é algo que a deixa contente porque "é bom estar num canal que está a apostar na qualidade". Apesar de tudo sente que é "um privilégio" ter um contrato de exclusividade aos 26 anos e garante não ter recebido, até agora, convites por parte das outras estações de televisão para mudar de ares.

Joana Santos descarta por completo a ideia de apresentar até porque segundo a própria "Não tenho jeito nenhum para apresentar. Não é de todo a minha praia".

Dânia Neto fala sobre um possível contrato de exclusividade

Sem revelar muito acerca do seu futuro, Dânia Neto lá vai dizendo que não se importava de ter um contrato de exclusividade com a SIC. A actriz que ultimamente tem trabalhado em várias produções da SIC (por exemplo, Laços de Sangue e Rosa Fogo) refere em entrevista ao Jornal de Notícias que “se essa situação acontecer é uma questão a ponderar” até porque segundo a própria “é uma segurança” face ao estado actual da profissão. Quando questionada se já recebeu convites para assinar por uma estação de televisão, Dânia refere apenas que “tenho sido solicitada, bastante”.

A actriz que dá a vida a Glória Rufino está contente com as personagens cómicas que tem feito. “Tive a sorte de fazer estes dois papéis para poder mostrar às pessoas que sou versátil e sei fazer várias coisas diferentes” esclarece.

Recorde-se que o canal tem contrato de exclusividade com Diogo Morgado, Diana Chaves, Cláudia Vieira, Custódia Gallego, João Ricardo, Inês Castel-Branco, Sandra Barata Belo, Manuel Cavaco, Helena Laureano, Maria Emília Correia, Joana Santos e Rogério Samora.

Joana Santos regressa em Dancin Days

O sucesso que a Diana de "Laços de Sangue" fez foi tanto, com direito a um Emmy Internacional pelo meio e tudo, que aumenta o grau de exigência para este novo trabalho, Dancin’ Days, um remake do original brasileiro da SIC. 
A atriz não quer imitar a novela original de Gilberto Braga, que passou na RTP há 33 anos: “Esta é uma novela de 2012, com personagens portuguesas e dos dias de hoje e de Portugal. Não me inspirei na Sónia Braga, somos pessoas diferentes e eu vou fazer a Júlia portuguesa”, diz, referindo-se à atriz brasileira que deu vida a este papel na versão original da novela. 
Esta Júlia não tem nada em comum com a Diana a que Joana Santos deu vida na novela anterior: “É uma nova personagem e é esse o desafio!: Fazer personagens diferentes umas das outras e de mim. "Dancin’ Days" foi uma novela que fez muito sucesso. O arranque da história é forte. Júlia sai com a irmã, Raquel (Soraia Chaves), para comemorarem a passagem de ano. No regresso a casa, Raquel acaba por atropelar um homem, mas é Júlia quem assume a responsabilidade desse acidente. 
O que nunca imaginou foi que o homem morresse e que ela acabasse por ser presa: “Não existe aquela coisa da vilã e da boazinha”, diz. É na prisão que acabará por dar à luz a filha, Mariana (Joana Ribeiro), que fica entregue aos cuidados da irmã. Quando é libertada, Júlia vai ter a árdua tarefa de se aproximar da filha, que não vai reagir bem. Quando a novela estreou, em Portugal, em 1979, Joana Santos ainda não era nascida, por isso, a atriz andou a pesquisar: “Fui ao Youtube procurar o que foi o Dancin’ Days no Brasil. Tentei não ver muito, para não cair no erro de copiar alguma coisa”, avança a atriz. Joana Santos sente-se preparada para o trabalho que por aí vem: “Quem corre por gosto não cansa!” O tempo livre vai ser mais escasso. Porém, apaixonada por Ilya Yamasaki, ela garante que não vai deixar a vida pessoal ficar para trás: “Eu não deixo (risos).