Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

sicblogue

Nico pode estar a caminho da SIC

A sua última presença numa numa novela do canal foi em 2007 (Resistirei) e depois esteve envolvido na série Aqui Não Há Quem Viva. A novela que poderá ter a assinatura de Patrícia Müller, a autora de Rosa Fogo.

A informação que Nicolau Breyner poderá fazer parte da próxima novela da estação surge esta sexta-feira na revista do Correio da Manhã, a Correio TV. Segundo a publicação o actor está a um passo de integrar o elenco da nova novela do canal. Júlia Pinheiro refere apenas ser "permaturo" falar em nomes mas não descarta a hipótese de ver Nico na próxima novela da SIC.

José Figueiras com participação especial em Dancin' Days

Depois das participações em Médico de Família, Uma Aventura, Aqui Não Há Quem Viva, Perfeito Coração ou em Camilo, o Presidente (na foto), José Figueiras prepara-se para voltar a ter oportunidade de participar na ficção do canal que o acolhe há cerca de 20 anos.

José Figueiras, que está envolvido nos projectos dedicados á comemoração dos 20 anos da SIC, vai fazer uma participação especial na novela do ano, Dancin’ Days. A par da participação na novela portuguesa do horário nobre da SIC, José Figueiras está com o projecto Alô Portugal na SIC Internacional e pode ser visto esporadicamente na SIC na promoção da "Estrelinha SIC".

Os premiados da SIC pela revista TV7 Dias

Pelo segundo ano realizou-se a segunda edição dos Troféus TV7 Dias de Televisão. Da autoria de Filipe La Feria o espectáculo realizou-se esta terça no salão Preto e Prata do Casino Estoril. Categorias como Telenovela, Séries, Humor, Entretenimento, Informação, Programa Infanto-Juvenis, Programa Cultural, Programa Social ou Programa Desportivo estavam a concurso nesta iniciativa da revista de televisão.
Conheça agora os premiados do canal.

Parabéns a todos os nomeados e a todos os premiados do canal!

2009 e 2010 serviram para cumprir compromissos

Num turbilhão de notícias sobre novas e importantes contratações. Mas mesmo assim com resultados muito modestos no final de 2011. É assim que anda a SIC. O canal acaba o ano, pela segunda vez consecutiva, em terceiro lugar. Mas Nuno Santos, director de programas, diz ao PÚBLICO que o canal de Carnaxide espera um novo fôlego para o ano que vai entrar.
Nuno Santos não quer falar sobre as recentes notícias, avançadas pelo Correio da Manhã, que dão como certa a saída de Júlia Pinheiro da TVI para se mudar para Carnaxide. "Não falámos até agora desse assunto e assim continuaremos", diz o responsável.
Certa é já a entrada de Manuela Moura Guedes na grelha da SIC num programa que, embora sendo de informação, ficará na alçada da direcção de programas, tal como já se passa com o programa de Conceição Lino, Boa Tarde. A equipa estará a formar-se, mas Nuno Santos não avança mais detalhes sobre o programa.
Confirmada também está a vinda para a SIC de actores como Helena Laureano ou Rogério Samora, do lote de actores exclusivos da TVI, que agora passam para a SIC. "A TVI tem cerca de 40 actores exclusivos, a SIC tem quatro. É normal que vamos buscar mais", diz Nuno Santos, justificando estas contratações com a aposta prevista para 2011 na área da produção nacional. "Estamos a preparar a telenovela que substituirá Laços de Sangue. A estreia está prevista para Maio ou Junho. Isso justifica a contratação de actores."
E a aposta na ficção para 2011 estende-se também ao humor com o canal a preparar uma série diária, de 30 minutos, com Rita Blanco e José Pedro Gomes como protagonistas.
"A SIC viveu em 2009 e 2010 dois anos complexos do ponto de vista de gestão da grelha. Tínhamos de cumprir compromissos com conteúdos como Chiquititas, Aqui não há quem viva ou Malucos do riso. Isso limitou o investimento em grelha." Nuno Santos fala de "exemplos pesados", com custos na ordem dos oito milhões de euros. "Com esse dinheiro tinha comprado os jogos da Selecção Nacional ou feito uma telenovela e meia", afirma.
Sobre as metas para 2011, o director de programas diz que a empresa não as revela: "São metas internas. Todos temos as nossas." Mas fala de uma transição que o canal está a preparar: "Estamos numa fase de transição. Ainda vamos ter em 2011 alguns compromissos para saldar, mas estamos a apostar num reforço dos nossos conteúdos e o objectivo é recuperar terreno nos targets mais comerciais onde estamos a uma curta distância da TVI. A SIC é o canal mais interessante em termos comerciais."
Nuno Santos deixa a aposta em conteúdos para públicos mais exigentes e menos comerciais para o universo do cabo: "Temos cerca de um quarto do universo do cabo. E isso pode crescer", afirma, referindo-se à SIC Notícias, Mulher e Radical e não excluindo a abertura de novos canais nesta área.
"A nossa situação está em linha com o que estava projectado, sabíamos que havia esta fase de transição", conclui.
Segundo dados da Marktest, a SIC desceu em dez anos de um share médio anual de audiências de 45,5 (1999) para 23,4 (2009). Foi o único canal dos três generalistas que baixou sempre em relação ao ano anterior nestes últimos dez anos.
Público

Jornal da Noite em 5.º lugar

O destaque do dia para a grelha da SIC foi o Jornal da Noite. O bloco informativo apresentado pela Clara de Sousa foi o 2.º mais visto do seu horário com 28,7% de share e 10,2 pontos percentuais de audiência média. Foi o 5.º programa mais visto do dia na televisão portuguesa e o mais visto da SIC.


Outros destaques:

  • Lua Vermelha em 6.º lugar (sobe 3 posições) com 24,3% de share e 9,9% de audiência média
  • Aqui Não Há Quem Viva em 11.º lugar (desce 6 posições) com 24,1% de share e 8,0% de audiência média
  • Primeiro Jornal em 4.º lugar (sobe 1 lugar) com share de 25,8% de share e 6,2% de audiência média
  • Caras e Bocas em 15.º lugar (desce 2 posições) com 26,6% de share e 6,1% de audiência média

Aqui Não Há Quem Viva sobe 6 lugares

A reposição de Aqui Não Há Quem Viva tornou-se o programa mais visto do canal. A série humorística que se passa dentro de um prédio com 3 andares foi o 5.º programa mais visto da grelha. 28,0% de share e 9,4% de audiência média foi quanto fez. A série da SIC subiu 6 lugares pois no último dia de Agosto ficou em 11.º lugar


Outros resultados:

  • Jornal da Noite em 6.º lugar (sobe 2) com share de 27,7% e 9,4% de audiência média
  • Lua Vermelha em 9.º lugar (desce 2) com 21,8% de share e 8,6% de audiência média
  • Caras e Bocas em 13.º lugar (sobe 2) com 26,2% de share e 5,8% de rat.
  • A Armadilha a entrar para o 14.º posto com 34,4% de share e 5,7% de rat.
  • O Primeiro Jornal em 15.º (desce 1) com share de 24,4% e 5,6% de rat.