Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

sicblogue

SIC exporta ficção para vários países

Estamos juntos

A SIC continua a manter a aposta na estratégia de venda de ficção da qual foi pioneira e são várias as produções da SP Televisão num total de 20 países.

A SIC já vendeu 'Lua Vermelha' para o México, Ecuador, Panamá, Porto Rico e Venezuela e o 'Perfeito Coração' para a Rússia, Bielorrússia e Paquistão, e 'Rosa Fogo' para 6 territórios, tendo estado focada, no último ano, na distribuição internacional de 'Laços de Sangue' que foi exibida pela Rai Uno, um acordo histórico para a ficção em Portugal, e em Angola, por exemplo.

logo SP Televisão

A performance deste conteúdo, com produção da SIC e da Globo, executada pela SP Televisão, bem como a excelente qualidade técnica e editorial foram argumentos comerciais determinantes neste processo, sendo que o facto de ter sido galardoada com o EMMY internacional de melhor novela, captou o interesse internacional e otimizou a distribuição da mesma.

Com vendas concluídas para 20 países em 3 continentes a SIC espera aumentar esta lista no decorrer de 2016. A SIC tem investido na estratégica de internacionalização, estando presente nos principais mercados internacionais de venda de conteúdos e procurando os melhores parceiros em cada território, apresentando um catálogo de novelas, a qual orgulhosamente apresenta 2 novos títulos por ano.

Cada vez mais a globalização, e decorrente estratégia de exportação, é da maior importância para as empresas portuguesas e para o grupo Impresa.

Francisco Areosa gostava de voltar a trabalhar na SIC

Foi na SIC que deu os primeiros passos em televisão na série Uma Aventura. Francisco Areosa deu vida a Chico também no filme com o mesmo nome da série. Atualmente pode ser visto na RTP1 com Sinais de Vida e apesar de gostar da linhagem da ficção da RTP o ator refere ao Hardmusica que gostava de voltar à casa que o viu nascer.

Na SIC deu vida ainda a personagens em Chiquititas e entrou também na série Lua Vermelha.

SIC levou produções nacionais ao NATPE

A ficção voltou a marcar a feira de conteúdos audiovisuais de Miami, o NATPE, onde a SIC marcou presença. Para o diretor de negócios internacionais da estação, João Pedro Nava, esta foi uma feira positiva para a estação de Carnaxide.

O diretor ficou satisfeito com as obras de ficção que a estação levou até Miami. Perfeito Coração, Rosa Fogo, Podia Acabar o Mundo ou Lua Vermelha foram os produtos apresentados. “América Latina e Estados Unidos são os mercados que nos interessam”, refere João Pedro ao Correio da Manhã e acrescenta que isto ainda são “os efeitos dos Emmy”. Todas as produções referidas foram produzidas pela SP Televisão

Rui Porto Nunes "Desde que fiz Lua Vermelha, estive no elenco de todos os projectos da SIC"

Tal como avançamos AQUI no SICBlogue em primeira mão, Rui Porto Nunes vai entrar em Dancin' Days para interpretar João, o namorado de Mariana.

Desde Rosa Fogo que não vemos o actor em televisão mas isso não significa que tenha estado parado. Tem-se dedicado à sua veia de DJ e "quase todos os fins-de-semana faço festas", começa por revelar em declarações à imprensa. Rui Porto Nunes diz-se feliz e orgulhoso por ter sido convidado para reforçar o elenco da novela do ano! "Desde que fiz Lua Vermelha, estive sempre no elenco de todos os projectos da SIC", revelando estar "satisfeito de entrar agora em Dancin' Days".

Luna Roja chega à Venezuela

Depois de ter estreado no México através do canal Tiin, a série Lua Vermelha é exibida desde ontem na Televen (Televisión de Venezuela) que é a segunda televisão mais vista neste país da América Latina.

Recorde-se que por cá Lua Vermelha (nestes dois países tem o nome de Luna Roja) terminou à bem pouco tempo de ser exibida na SIC e esta produção da SP Televisão que tinha como protagonistas Mafalda Luís de Castro e Rui Porto Nunes foi vendida em mercados de televisão.

Joana Santos fala sobre a sua Carminho de Dancin Days

Joana Seixas falou da nova personagem a que dá vida na produção da SIC à revista TV7 Dias. Admite que, tal como a Carminho, também ela é frontal e diz o que pensa sem hesitar. As semelhanças entre Joana Seixas e a personagem a que dá vida na nova novela da SIC são algumas, a começar pela idade. Em "Dancin’ Days", Carminho tem 35 anos e, curiosamente, na vida real, a atriz tem a mesma idade: só completará 36 no dia 31 de outubro.

E se nesta trama encarna uma mulher bastante responsável e trabalhadora, fora de cena a actriz também o é. Esforçada e empenhada na sua carreira, soma já vários trabalhos no currículo, dos quais destacamos as novelas "Laços de Sangue", "Podia Acabar o Mundo", "Floribella", "Ninguém Como Tu", "Fascínios", "O Teu Olhar", "O Último Beijo" ou "Todo o Tempo do Mundo"; e séries como "Morangos com Açúcar", "Lua Vermelha" ou "Casos da Vida".

Nesta novela, é Carminho que sustenta a família, como massagista, e não se conforma com o modo como o pai conduz o orçamento familiar, uma vez que só arranja problemas financeiros. É ela quem arranja o dinheiro extra sempre que o seu progenitor se mete em gastos desnecessários, tal como a nova televisão que adquiriu no primeiro episódio da novela – numa altura em que a família passa por problemas financeiros graves. Carminho parece ser a única a preocupar-se com o constante endividamento do pai, Alberto (Igor Sampaio).

A atriz fala das semelhanças à TV 7 Dias: “Há sempre coisas que acabam por encontrar-se entre o actor e a personagem. Também digo o que penso sem rodeios, embora tenha uma forma diferente da Carminho de levar a vida”, avança a actriz, que garante esforçar-se por se distanciar das personagens: “Geralmente, tento distanciar-me o mais possível. É difícil pensar sempre pela cabeça das personagens e evitar pensar o que faria eu nesta ou naquela situação, mas claro que existem muitas questões que são de bom senso ou lógica."

E como se preparou a atriz para este papel? “Procuro sempre, com a ajuda dos textos, chegar à personalidade da personagem. Às vezes é mais próxima da minha, às vezes bem distante, depende das situações.”

Diana Chaves vai prolongar ligação com a SIC

Afastada da televisão desde Laços de Sangue e a gozar o período de maternidade, Diana Chaves confessa em entrevista à imprensa que tem saudades do trabalho. 
A actriz e apresentadora refere que “posso voltar a qualquer momento, desde que haja projectos”, avança a estrela exclusiva da SIC que está em vias de renovar contrato com o canal que a acolheu em 2008. 
Desde a sua entrada para o canal, Diana Chaves esteve em Podia Acabar o Mundo, Lua Vermelha e Laços de Sangue sendo que pelo meio esteve nas duas temporadas de Salve-se Quem Puder ao lado de Marco Horácio.

Lua Vermelha termina ao fim de 180 episódios

Ao fim de 180 episódios terminou este domingo a série de vampiros Lua Vermelha que estreou a 31 de Janeiro de 2010. Era uma das apostas da estação mas rapidamente passou a ser exibida apenas ao fim-de-semana no horário das manhãs integrando a programação infanto-juvenil do canal. 
E o último episódio terminou ontem de manhã com 4,9% de rating e 24,1% de share que significa que cerca de 500 mil espectadores estiveram sintonizados na SIC enquanto o programa foi exibido. No total dos programas do dia de ontem foi o 18.º programa mais visto do dia e o 10.º mais visto na estação de Carnaxide.