Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

sicblogue

Perdidos e Achados com Livros Sobre Rodas

PERDIDOS e ACHADOS

Este sábado no 'Jornal da Noite'

Em maio de 1958 a Fundação Calouste Gulbenkian arrancava com as bibliotecas itinerantes, um dos seus projetos mais importantes.

As itinerantes percorriam o país, chegando a locais onde anteriormente o contacto com o livro e a leitura eram praticamente inexistentes.

Ao longo dos 44 de existência as bibliotecas sobre rodas da Gulbenkian emprestaram cerca de 97 milhões de livros a 29 milhões de leitores.

As carrinhas desligaram os motores em 2002 mas a Fundação mantém o apoio às bibliotecas escolares e públicas, promove concursos e dinamiza projetos ligados ao livro e à leitura. Dia 23 de abril é o Dia Mundial do Livro.

Para assinalar a data o ‘Perdidos e Achados’ viajou no tempo para recordar as bibliotecas itinerantes e para conhecer outros projetos que replicaram a ideia original da Fundação Gulbenkian.

Jornalista: Patrícia Mouzinho

Repórter de Imagem: Filipe Ferreira

Edição de imagem: Jorge Costa

Produção: Madalena Durão

Coordenação: Pedro Mourinho