Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

sicblogue

SIC prolonga parceria com SP Televisão

logo SP Televisão

A SIC fechou este mês um acordo com a SP Televisão, que reforça a parceria já existente entre estas duas empresas até ao final de 2018.

Esta ligação, iniciada em 2008, contribuiu para que a ficção feita pela SIC e pela SP Televisão se assumisse como incontornável no panorama televisivo.

O acordo, além de reforçar os laços entre as duas entidades, confirma a aposta da SIC em duas linhas de ficção nacional ao longo dos próximos anos, além de definir as equipas das duas empresas que trabalharão em conjunto para a definição e acompanhamento dos projetos.

“A ficção nacional, que tem contribuído para os nossos bons resultados em prime time, é um pilar estratégico da programação da SIC. Era para nós fundamental reforçar a nossa ligação à SP Televisão, produtora que muito tem contribuído para o sucesso da SIC e do Grupo Impresa. Vamos continuar a oferecer aos nossos espectadores os melhores e mais inovadores conteúdos de ficção em português”, afirma Francisco Pedro Balsemão, CEO da Impresa.

“A assinatura deste acordo, para além de representar um reforço da colaboração entre a SIC e a SP, constitui a aposta incondicional da estação, num segundo horário de novela, o que vem criar as condições necessárias para uma evolução na qualidade e desempenho da ficção Portuguesa que produzimos. Cabe-nos reconhecer e sobretudo responder a este novo desafio com toda a nossa capacidade criativa e estreita colaboração, no sentido de continuarmos a apoiar a liderança da estação neste segmento”, refere António Parente, presidente do Conselho de Administração da SP Televisão.

A ligação entre SIC e SP Televisão iniciou-se em 2008, com a produção de “Podia Acabar o Mundo”. “Lua Vermelha” e “Perfeito Coração” foram as novelas seguintes. Em 2010, estreou “Laços de Sangue”, vencedora do Emmy Internacional para melhor telenovela. Seguiram-se “Rosa Fogo”, “Dancin’ Days”, “Sol de Inverno”, “Mar Salgado”, “Coração D’Ouro” e “Poderosas”. Em breve, fruto da ligação entre SIC e SP Televisão, estreará nos ecrãs portugueses “Rainha das Flores”. Estas produções têm feito também sucesso além fronteiras.

A SIC já vendeu “Lua Vermelha” para o México, Equador, Panamá, Porto Rico e Venezuela e o “Perfeito Coração” para a Rússia, Bielorrússia e Paquistão, e “Rosa Fogo” para 6 territórios, tendo estado focada, no último ano, na distribuição internacional de “Laços de Sangue” que foi exibida pela Rai Uno, um acordo histórico para a ficção em Portugal, e em Angola, por exemplo. Em 2016, a SIC tornou-se no primeiro canal nacional a possuir novelas no Netflix, tendo “Lua Vermelha” e “Rosa Fogo” sido as primeiras. Mais recentemente, estreou no Netflix “Mar Salgado”.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.