Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

sicblogue

Cláudio Ramos ganha novo espaço autónomo

DR

 Já foi cara de 'Capa de Revista' juntamente com Ana Marques e ao longo dos últimos anos é uma cara que os portugueses associam como estando ligado à estação de Carnaxide.

Cláudio Ramos que, juntamente com a produção do formato das manhãs da SIC, criou o espaço «Consultório Sentimental» há mais de meio ano vai ver o espaço ser apenas e só seu.

logo_ConsultorioSentimental_QM

"No começo, a ideia era ter um espaço de consultório, como têm as revistas comuns, e que ali fazia sentido. A verdade é que fomos recebendo cada vez mais questões, dúvidas e desabafos, e reparámos que não eram simples questões de rotina", revela o apresentador à revista VIP onde acrescenta estar "muito contente, feliz e grato por as pessoas confiarem" em si.

2 anos de Querida Júlia por Cláudio Ramos

Após várias horas em direto, Cláudio Ramos fez no seu blogue, Eu Cláudio, o balanço de 2 anos de Querida Júlia e consequentemente 500 emissões de programa.

"Faz hoje dois anos que estreou o 'Querida Julia' e lá estávamos todos nervosos, inquietos, espectastes. E eu, que vinha do 'Capa de revista' a pensar como seria a nova aventura. Quando fui chamado ao gabinete da Júlia e com a Gabriela Sobral e me propuseram este desafio, vi logo que seria algo diferente. Fazer o 'Jornal Rosa', e tratar os assuntos do mundo dos famosos de uma forma divertida, bem disposta... não tenho duvida que, da mesma maneira que a Tertúlia cor-de-rosa marcou uma época na televisão dentro deste género, o nosso 'Jornal Rosa' marca outra. Um género completamente diferente, mas acima de tudo inovador. É o que esta a ser o nosso Jornal. É inovador a cada dia, todos os dias. Trabalhar com a Júlia é aprender. Trabalhar com a Ana é bom, trabalhar com esta equipa é porreiro. Hoje a maratona foi de directos eu e a Ana logo cedo, das dez da manhã às sete da tarde, num registo oposto ao jornal, porque televisão é isto. Um profissional de televisão não pode ser quadrado, deve adaptar-se e foi isso que hoje voltámos a mostrar. Nós e a equipa, que não se rege por um teleponto nem fica preso ao minimo imprevisto. A isto se chamam profissionais de televisão, mesmo que ao longo do dia tenhamos gritado uns com os outros. O Querida Júlia está de parabéns, são 500 programas, muitas histórias, milhões de sorrisos e outras tantas lágrimas. Obrigado a todos!"

SIC Blogue entrevista Cláudio Ramos!


Cláudio Ramos, natural de Luanda, tem 8 irmãos. Desde criança que o seu sonho era ser apresentador de televisão e sempre acreditou que a sua vida teria que passar pela comunicação. 
O SIC Blogue aproveitou o facto e falou, em exclusivo, com uma das caras do Jornal Rosa do programa Querida Júlia. O Capa de Revista, o Jornal Rosa, o Peso Pesado e o interesse da TVI. Nada foi deixado de lado em mais um “SIC Blogue entrevista…”

Afinal, quem é o Cláudio Ramos? 
- Sou eu! Absolutamente normal, até mais do que a maioria julga ou imagina. Com a única diferença de entrar em casa das pessoas sem lhes pedir licença. Muitos dos que aparecem na tv são acusados de serem diferentes na tv e depois “ao vivo”. 
É o mesmo Cláudio que as pessoas vêem na televisão? 
- Exactamente o mesmo, o que acho é que as pessoas estão à espera de, quando me encontram na rua, estarem com um Cláudio sempre a rir e com a voz colocada, há que perceber que a minha vida não é só a televisão, tal como não o é com o homem do talho, que não passa os dias a cortar a carne... certo? 
Já passou por vários programas no canal. Qual é o que recorda com mais saudade? 
- Não sou nesse aspecto muito saudosita, até porque acho que cada projecto que fiz foi melhor que o outro. Tenho saudades de algumas pessoas que passaram em alguns projectos, mas pouco mais que isso... mas confesso muitas saudades do Capa. 
Depois do Capa de Revista, passou para o Jornal Rosa. Como é que surge o convite para integrar o Jornal Rosa e o programa Querida Júlia? 
- Quando soube que o Capa ia acabar fiquei triste, acho mesmo que foi o programa meu que acabou que mais me custou, acho que foi mal aproveitado pela anterior direcção e não lhe foi dado o valor que tinha, fazendo naquele horário números que nunca tinham sido feito e conseguiamos acordar Portugal com graça, actualidade e ironia, aliás muitas vezes nos foi dito isso, superamos a expectativa de quem apostou nele... Além disso a equipa era excelente. Adorei fazê-lo!... Depois disso, fui chamado a uma reunião com a Júlia e a Gabriela, e foi-me proposto a edição do Jornal Rosa, que me dá muito prazer e que tem muito da linguagem do Capa, até porque a Ana está ao meu lado também. O bom de fazer este espaço, é que não me impede de fazer outras coisas. Este é um projecto adiado uns oito anos, que foi quando estive na TVI com a Julia e a Gabriela, e retomei agora. 
Que balanço faz desta presença assídua no programa? 
- Muito boa! Tenho feito tudo no programa, já mostrei há muito tempo que sou polivalente, e a direcção sabe isso. Até agora tem feito no canal participações, principalmente a comentar o “mundo” cor-de-rosa. 
Não gostava de experimentar outros temas ou esta é verdadeiramente a sua "praia"? 
- Esta é a praia que me têm dado para explorar melhor e que faço melhor que ninguém em Portugal, e é normal que a estação queira aproveitar isso. Por outro lado, tenho feito outras coisas, mas também acho que somos muitos a trabalhar e que todos temos direito ao nosso espaço. Já fiz mil coisas em televisão, se recuar dois anos, estive uma temporada a fazer o 'cara nova', espaço de grande sucesso nas tardes da SIC e que nada tinha a ver com o mundo rosa. 
Quem é que é para si o melhor concorrente do Peso Pesado neste momento? 
- A Marta. É claramente uma jogadora com tudo o que lhe faz falta, sem ter falta de educação. O que, para mim, é muito importante., Trabalha há vários anos no canal… 
Ultimamente tem-se falado numa possível saída para a TVI. Já lhe falaram em alguma hipótese? 
- Como profissional de televisão, não seria ético comentar publicamente supostas conversas de bastidores. O que faço neste momento é acarinhar o meu trabalho na SIC e senti-lo acarinhado. 
Considera-se uma cara do canal? 
- Se com dez anos de casa e há oito anos em antena sem sair do ar, a passar de uns projectos para outros, e de passar por todas as direcções, se não me considerar uma cara da estação, algo estaria mal!

Muito obrigado ao Cláudio Ramos pelo
tempo dispensado!

Ana Marques está de parabéns

apresentadora faz hoje 40 anos
Falar de Ana Marques é obviamente falar da SIC. Natural de Setúbal, Ana Marques nasceu a 12 de Setembro de 1971 e na SIC apresentou Buereré, Bravo Bravíssimo, Mundo VIP, O Juiz Decide, e Sexto Sentido, Elas em Marte e Essência na SIC Mulher. O Caras Notícias também faz parte dos programas apresentados pela apresentadora. Recentemente em co-apresentação com Júlia Pinheiro apresentou o Querida Júlia e sempre que é necessário substitui Conceição Lino na apresentação do Boa Tarde nas tardes da SIC. Capa de Revista foi outro dos projectos da apresentadora na SIC.

Ana Marques estará de regresso dentro de muito pouco tempo aos ecrãs do canal com uma rubrica no programa Querida Júlia!

Parabéns Ana Marques!

Cláudio Ramos e Ana Marques voltaram a juntar-se... no Boa Tarde

Ana Marques estava a apresentar o programa Boa Tarde como tem feito ao longo dos últimos dias e eis que Cláudio Ramos entra e surpreende a apresentadora. Depois de uma conversa sobre gémeos, Cláudio Ramos quis reviver alguns dos momentos que ambos partilharam no Capa de Revista que esteve no ar até à bem pouco tempo e foi visto um vídeo com um tema do Leandro com a música "que mal te fiz eu"... Depois disso, o próprio Leandro surpreendeu Ana Marques e cantou a mesma música encerrando o programa.
Segunda-feira há remodelação dos conteúdos do mesmo já com Conceição Lino aos comandos da emissão em directo.

Capa de Revista despediu-se com 101 programas

Ao final de 101 programas eis que o Capa de Revista chega ao fim... mas a dupla Cláudio Ramos e Ana Marques estão de volta brevemente. Em vista está a inclusão dos dois no novo programa "Querida Júlia" que estreia a 14 de Março na SIC. Cláudio Ramos e Ana Marques vão continuar a fazer-nos companhia dentro de pouco tempo onde serão responsáveis por uma rubrica cor-de-rosa no mínimo diferente daquela que vinha sendo feita até aqui.
A despedida foi feita esta manhã com um "Chegámos à contra-capa... FIM"
Até já!