Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

sicblogue

Debaixo de Olho... no Querida Júlia e na informação

Muito boa tarde, sejam bem-vindos ao debaixo de olho.
Eis que passou mais uma semana e aqui estou para analisar mais dois temas nesta segunda crónica: Querida Júlia e grafismo de Portugal 2010

1. Se na passada segunda-feira analisei o Boa Tarde (ver AQUI) nesta rubrica, esta semana opto por analisar o programa das manhãs da SIC. Querida Júlia vai com quase um mês de emissões (estreou a 14 de Março – ver AQUI) e proponho-me analisar este primeiro mês. Já vi muitos programas do Querida Júlia e penso que tenho uma opinião a dar quanto a este programa.
Começando pelo cenário é dos melhores – a par do Boa Tarde – em vigor na SIC e na televisão portuguesa. O azul suave do cenário combinado com o publico fica excelente e dá um soft e leve ao programa. Os temas que o programa trás são muitas das vezes cansativos e o programa, na minha opinião, precisa de animação! Júlia Pinheiro bem tenta puxar pelo público presente mas muitas vezes ele “não tá nem aí!” o que é mau para quem assiste em casa ao programa… parece que não há empatia entre o público e a apresentadora. As rubricas continua a nascer e o jogo da glória tem vindo a ganhar o seu espaço. A componente rural tão anunciada no início do programa deixou de existir (ou pelo menos de ser visível) com a galinha, com o porco e com a vaca no estúdio. Júlia Pinheiro está exemplar no papel que lhe cabe e o programa tem de aproveitar ainda mais a rede social Facebook onde está inserido para ir colocando informações em cima da hora assim como fotografias do que se está a passar no programa… porque era uma forma de aproximar aqueles que já aderiram à página do programa – cerca de 3 400 – e de saberem o que se passa no programa… isto uma vez que a própria apresentadora utiliza um iPad
a que dá o nome de “ai Jesus” durante a emissão.
As crónicas de Hernâni Carvalho com as investigações da sua equipa trazem um ar de actualidade ao programa… e muitas vezes de exclusivos em 1.ª mão ao programa! O Jornal Rosa de Cláudio Ramos é completamente diferente do extinto “Capa de Revista”… uma rubrica diferente daquilo que estávamos habituados a ver o cronista social fazer.
As reportagens de rua estão bem enquadradas e trazem uma proximidade com o público recordando o jingle do canal “Estamos Juntos”. O Top das Gasolineiras traz-nos o melhor da música popular sempre atrevida.
Ana Marques tem vindo a ganhar o seu espaço no programa principalmente com reportagens feitas a partir do exterior como forma de resolver os casos. Uma apresentadora que já merecia há muito tempo ter esta oportunidade… ela que andava, na minha opinião, esquecida pelas direcções de programas.
As audiências são para conquistar e isso foi dito por Júlia Pinheiro já por várias ocasiões e o programa apesar de estar em terceiro já consegue fazer melhor que o Companhia das Manhãs… apesar da liderança se manter em Queluz, o canal tem vindo a disputar com a RTP1 este lugar pelo que a situação está muito renhida… e só o tempo dirá quem sairá vencedor desta luta pelas audiências.
2. O segundo ponto que me proponho analisar aqui é uma questão de grafismos… na semana
passada abordei os grafismos gerais do canal mas esta semana abordo um grafismo da SIC e da RTP1… devem-se estar a perguntar: se este é um blogue sobre a SIC porquê falar de outros canais?!
Pois bem… a RTP1está com uma série de especiais que tem o tema “Portugal e o Futuro”… já a SIC tem a operação “Portugal 2011” (que já vem desde 2008). Ao londo dos tempos o que tem mudado é o fundo do mesmo e o ano que tem passado de 2008 para 2009, 2009 para 2010 e 2010 para 2011…
Melhor do que as palavras aqui fica uma imagem que ilustra tudo isto… O grafismo de cima é o apresentado pela SIC nas emissões especiais do ano passado… o grafismo de baixo é o utilizado pelo canal estatal neste ano com os seus especiais…


É caso para perguntar… e deixarem de serem copiões e começarem a pensar e a idealizar pelas vossas cabeças em vez de andarem a utilizar grafismos idênticos?!

Debaixo de Olho... no Boa Tarde e nos grafismos

Muito boa tarde, sejam bem-vindos ao debaixo de olho.
Nesta primeira crónica proponho-me analisar o Boa Tarde e os grafismos da SIC.

1. Começando pelo início, ou seja, pelo Boa Tarde começo por dar os parabéns a toda a equipa que compõe e produz o programa que são todos aqueles que no final do programa (perto das 18h) aparecem em letras a correr na ficha técnica do programa.
O Boa Tarde à poucas semanas era terceiro e muito afastado do 2.º lugar do Portugal no Coração da RTP1 e ainda mais afastado do talk show da Fátima Lopes A Tarde É Sua na TVI. Pois bem, as mudanças vieram e os espectadores gostaram… pelo menos é isso que os valores audiométricos do programa demonstram ao longo das últimas semanas. Do 3.º posto dos programas no seu horário passou para 2.º trocando com o da RTP1 e mesmo assim já morde os calcanhares à TVI. A semana passada foi histórica para o programa que conseguiu mesmo ficar
em 1.º lugar ganhando à líder TVI.
O programa sofreu modificações – e bem que eram necessárias – desde cenário (fantástico), conteúdos de programa, novas rubricas que interessam a todos, médicos especialistas na rubrica “Doutores” ou mesmo a área da culinária com caras bem conhecidas do público. A Conceição Lino parece mesmo estar agora sim dentro do programa… não quero com isto dizer que antes não tenha estado mas a entrada de vários profissionais para o programa contribuíram até para o seu enriquecimento da agora apresentadora.
Nota mais que positiva para o Boa Tarde que nada tem a ver com aquele que começou a 13 de Setembro do ano passado.

2. O outro tema que me proponho analisar aqui é… ou melhor são os grafismos novos que o canal tem vindo a apresentar ao longo das últimas semanas. Desde 14 de Março que a SIC fez um refresh aos seus separadores de publicidade e de continuidade com sob o tema “Estamos Juntos”. Nos intervalos dos programas também é possível ver algumas das caras do canal a promover os respectivos programas. Júlia Pinheiro, Clara de Sousa, Conceição Lino, Bento Rodrigues, Rodrigo Guedes de Carvalho, actores de Laços de Sangue são apenas algumas das promos que podem ser vistas e parecendo que não ajudam a promover os respectivos programas. O novo jingle do canal em que as caras se juntaram todas para fazerem uma promo ao canal (AQUI) também dá o sinal que eles próprios estão juntos e trabalham como uma família… e não é a primeira vez que ouvimos falar que a SIC é uma família. Esta promo é o exemplo disso mesmo ao juntar todas as áreas da SIC Generalista. Mas apesar de ser da SIC Generalista os canais afiliados da SIC também passam a promo Estamos Juntos que nos últimos dias foi cortada mas mesmo assim não perdeu a qualidade.
Mas se elogio… também critico… Ainda não percebi bem o que andam dois grafismos diferentes a fazerem no canal. Senão vejamos… o separador “Publicidade” anda com 2 modelos no ar… o que está no ar desde Setembro de 2009 e o que está no ar desde 14 de Março. Mas não é só o separador “publicidade”… o separador “SIC-Estamos juntos” que representa o regresso do programa também em alguns casos tem duplo grafismo… o novo e o antigo.

Debaixo de Olho a partir de segunda-feira no SIC blogue!

Uma crónica semanal, sempre às 17h de segunda-feira. Uma crónica que nada tem de especial mas que em que se pode analisar muitas coisas em poucas linhas sobre o canal. O SIC Blogue apresenta “debaixo de olho”. A crónica assinada por mim, Hugo M Alves estreia já na segunda-feira e semanalmente vai abordar vários temas que possam interessar a quem nos lê! Podem sempre deixar sugestões para que essas mesmas sejam analisadas aqui no “debaixo de olho”!
A partir de segunda-feira sempre às 17h!