Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

sicblogue

Momentos de Glória na SIC Radical a partir de dia 3

Em Maio, a SIC Radical vai transmitir integralmente os cinco melhores jogos de Mundiais de Futebol da Era moderna, numa altura em que estamos em plena contagem decrescente para a fase final do Campeonato do Mundo, no Brasil.

As transmissões começam já na próxima sexta-feira, dia 2 de Maio, com o Itália x Brasil de 1982 (3-2), mais conhecido como “A tragédia do Sarriá”.

O Futebol-arte do Brasil de Zico, Falcão e Sócrates é destronado pelo catenaccio de Zoff, Conti e Rossi, que marca um impensável hat-trick depois de ter estado dois anos afastado do futebol, na sequência do Totonero, o primeiro grande escândalo de apostas à escala mundial. A partir deste dia, o futebol nunca mais foi igual.

No dia 10 de Maio, é a vez da meia-final que colocou frente a frente a França de Platini e a Alemanha de Rummenigue, na famosa “Noite de Sevilha”, também em 1982. Jogo épico que terminou empatado 3-3. Pela primeira vez na história dos mundiais de futebol, um encontro decide-se da marca das grandes penalidades. Schumacher, guarda-redes alemão que deveria ter sido expulso após uma brutal entrada sobre o francês Battiston, acabou por ser o herói do jogo, levando a Alemanha até à final.

A “final antecipada” de 1998, entre a Holanda e o Brasil, terá transmissão no dia 16 de maio. Dois golos de um fenomenal Ronaldo não foram suficientes para eliminar a Laranja Mecânica, que acabaria por levar o jogo para as grandes penalidades. Claudio Taffarel, defende os remates de Cocu e Ronald de Boer e o Brasil voa para a final.

No dia 24 de maio, a final do campeonato do mundo de 2002, que consagrou o Brasil de Scolari penta campeão do mundo. É o mundial da superação, com Ronaldo “Fenómeno” a fazer cheque-mate aos alemães, apontando dois golos sem resposta. Terminaria o torneio como melhor marcador (8 golos), apesar de ter feito apenas 24 jogos nos dois anos anteriores, entre duas operações aos joelhos. Fenomenal.

A terminar, no dia 28 de maio, um dos melhores e mais controversos jogos de sempre. A Argentina de Maradona contra a Inglaterra de Bobby Robson (seleccionador), em 1986, no México. Quartos-de-final da prova, resolvidos com muito talento e polémica, com o genial argentino a “driblar” toda uma nação (e até o árbitro) com a inesquecível “Mão de Deus” e depois com aquele que é considerado o melhor golo do século XX. Foi o mundial da Argentina, mas sobretudo de Diego Armando Maradona.

Os jogos serão transmitidos na íntegra, com comentários atuais, num formato documental. Rui Miguel Guimarães (SIC) e Rui Miguel Tovar (jornal i) serão os comentadores de todos os jogos.