Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

sicblogue

Perdidos e Achados com Pedrito de Portugal este sábado à noite

O pequeno Alexandre Pedro Roque Silva, nascido em Portugal, foi desde muito novo um fenómeno de popularidade. Com triunfos atrás de triunfos, o menino franzino transformou-se em cabeça de cartaz em Portugal e Espanha. Nessa altura, fora das arenas Pedrito sofria... o pai, Roque Silva, pilar principal da vida de Pedro, faleceu num acidente de automóvel e deixou o ainda menino perdido. 
Foram anos difíceis a que se juntaram outro tipo de cornadas, as na arena. Pedrito era capa de jornal com imagens chocantes, de colhidas que obrigaram a intervenções cirúrgicas. Chegou-se a temer que não voltasse a tourear. Fora das praças a morte passou a fazer parte da vida de Pedrito e as cornadas que levou de touros por esse mundo fora não são nada comparadas com as cornadas que a vida lhe deu... 
No Perdidos e Achados, Pedrito de Portugal fala da vida, da carreira e do que ainda ambiciona para o seu futuro. A não perder, no próximo sábado.
Jornalista: Nuno Ricardo Pereira
Imagem: Manuel Ferreira
Edição de Imagem: João Nunes
Produção: Madalena Durão; Diana Matias
Coordenação: Isabel Horta
Direcção: Alcides Vieira

Ousadias, hoje no Perdidos e Achados (c/vídeo)

Hoje às 20h no Jornal da Noite
Actores, músicos, apresentadores...foram mais de 30 entrevistas a famosos e que marcaram os primeiros anos da televisão privada em Portugal. Esta semana no ‘Perdidos e Achados’ recordamos, 16 anos depois, os apanhados de Miguel Vital. 
Júlio Isidro também passou pelo "Ousadias"
Júlio Isidro chegou à hora marcada naquele dia de 1996. Estava descontraído. Pensava que, como tantas vezes, iria, apenas, dar uma entrevista para a comunidade emigrante. Enganou-se. Ou melhor, enganaram-no. Aos poucos foi perdendo a calma, o sorriso, a paciência. Estava prestes a desmanchar a imagem que soube construir, com muito mérito, durante décadas de televisão em Portugal. Confessa, agora, tantos anos depois, que foi a entrevista mais bizarra de sempre na sua carreira. E não era para menos. 
Francisco Pinto Balsemão não escapou
No papel de entrevistador, Miguel Vital destacava-se. Revelava-se implacável... nos dislates e nas provocações! Tudo pensado ao pormenor. Ninguém desconfiava. Miguel, nunca foi ator mas, podia. 
Rodrigo Guedes de Carvalho passou pelo crivo de Miguel Vital
Ao longo destas mais de 30 entrevistas revelou um talento assinalável para construir um personagem desconcertante que tinha o dom de irritar até um santo. Miguel apresentava-se como um jovem jornalista em início de carreira. Inábil na forma, desastrado no conteúdo. 
José Figueiras também foi uma vítima de Miguel Vital
Júlio foi, apenas uma das vítimas. Houve muitas: Luís Represas, Francisco Pinto Balsemão; Fernando Mendes, Rodrigo Guedes de Carvalho, José Figueiras, entre muitos outros. Miguel Vital garante que chegou a perder 10 quilos em sete dias. O ritmo das gravações e a exigência da responsabilidade, quase não deixavam tempo para dormir. Esta semana, 16 anos depois, o Perdidos e Achados recupera os apanhados famosos de Miguel Vital. A não perder, no próximo sábado, no Jornal da Noite. 
Jornalista: Pedro Freitas 
Imagem: Jorge Guerreiro 
Edição: Rui Rocha 
Produção: Madalena Durão e Diana Matias 
Coordenação: Isabel Horta 
Direcção: Alcides Vieira