Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

sicblogue

SIC nas cerimónias da Av. dos Aliados

É já amanhã que o Papa termina a sua curta visita de quatro dias a Portugal. A SIC é aquela que vai emitir as imagens para o canal e para todo o Mundo (incluindo TVI e RTP através de protocolos celebrados) com 2 realizadores em simultâneo. Ricardo Espírito Santo é um dos mais conhecidos realizadores do canal (tendo sido ele o responsável pela emissão de imagens como a morte de Miki Fehèr) e estará com a emissão a cargo para o exterior. Fernanda Alverca será a segunda realizadora do especial e será através das suas indicações que poderá ver as imagens que lhe aparecerem na sua televisão quando estiver sintonizada na SIC.
Assim sendo, são mais de 7 mil metros de cabo para levar até si uma emissão imperdível a partir da Avenida dos Aliados e também do Aeroporto Francisco Sá Carneiro de onde partirá o avião em direcção a Itália.
Além dos "Tweens" (porque são 2 camiões TIR - na imagem: um é a regie móvel e o outro é aquele que transporta o material técnico e tem o gerador) a SIC coloca ainda à disposição mais um helicópetero e um jipe pick up de onde poderá ver a transmissão da viagem do Papamóvel.
PS - Os camiões agora estão "pintados" de outra forma. Esta imagem já é antiga. Agora estão com a marca da empresa da SIC, a GMTS.

Mobilização dos meios para o Papa

Será como uma noite eleitoral, mas durante vários dias; como a Cimeria Ibero-americana, só que em diferentes pontos do país; como um Mundial, com medidas de segurança e restrições muito mais apertadas. Ou até como a tomada de posse de um Governo, quando as limitações estão à partida bem definidas, a que se acrescenta a componente população nas ruas. Em suma, as televisões portuguesas têm em mãos, nos próximos dias, uma das mais pesadas operações de que guardam memória. Há que dispor de meios móveis agéis, helicópteros para captar imagens áreas, carros de exteriores, satélites, emissores, câmaras, cabos...
Por causa do peso desta cobertura, os diferentes canais generalistas optaram por partilhar meios. A RTP será o host broadcaster (sinal oficial) durante a passagem do Papa por Lisboa, a TVI entra ao serviço em Fátima e a SIC encarrega-se do Porto. "Sem esta partilha não haveria meios suficientes no País", diz Alcides Vieira, director de informação da SIC.
(...) cada estação terá o seu ADN, acrescentado à custa de meios próprios. (...) todas decidiram montar estúdios móveis nos locais mais emblemáticos da visita (Fátima Campos Ferreira estará no Terreiro do Paço, em Fátima e nos Aliados, no Porto. Clara de Sousa, da SIC, a mesma coisa, assim como Júlio Magalhães pela TVI). (...)
(...)
A SIC mostra-se mais mãos largas a mobilizar pessoas e meios: 120 técnicos de televisão, 40 operadores de câmara, 75 jornalistas, 12 produtores e oito realizadores. Que andarão pelos seis carros de exteriores, cinco de satélite, um helicóptero, uma pick up com câmara para transmissão em directo do percuro papamóvel, seis carros de material e 10 carros de reportagem. (...)
fonte: site Visão

Vanessa Oliveira continua no Companhia das Manhãs

Ao contrário do que inicialmente estava previsto, Vanessa Oliveira está hoje na condução do programa das manhãs da SIC. O mesmo aconteceu durante a semana passada em que o Companhia das Manhãs teve uma substituição de mulheres. Entrou Vanessa Oliveira para o lugar de Rita Ferro Rodrigues que tem estado afastada da televisão. Durante esta semana em que só há 2 Companhia das Manhãs devido à transmissão do acontecimento da visita do Papa Bento XVI em Portugal. Assim sendo, Rita volta a casa no dia 17 de Maio (próxima segunda-feira).

A SIC com o Papa Bento XVI em Portugal

Na terça-feira, na quinta-feira e na sexta-feira os dias vão ser diferentes na SIC. O canal vai transmitir a visita do Papa Bento XVI em Portugal e vão ter emissões especiais durante os três dias.
Assim sendo o canal de Carnaxide vai emitir na terça-feira a partir das 10h30 a chegada de Bento XVI a Portugal numa emissão que irá durar até às13h00. Depois, ao final da tarde vai ser transmitida, a partir das 17h30 a Santa Missa a partir do Terreiro do Paço em Lisboa numa emissão que se estende até às 20h00.
Na quinta-feira, dia 13 de Maio, Bento XVI será o rosto central das celebrações de Fátima a partir de onde será transmitida uma missa quando forem 9h30 estendendo-se até às 13h00.
Na sexta-feira, dia 14 de Maio, o Papa Bento XVI desloca-se até à cidade do Porto onde celebrará uma missa a partir da Avenida dos Aliados quando forem 7h00 da manha sendo que se estende por toda a manhã até às 13h00.
Resumindo,
terça-feira (11 de Maio)
10h30 - 13h00 > Recepção do Papa em Portugal
17h30 - 20h00 > Missa celebrada por Bento XVI em Lisboa
quinta-feira (13 de Maio)
9h30 - 13h00 > Missa celebrada por Bento XVI em Fátima
sexta-feira (14 de Maio)
7h00 - 13h00 > Missa celebrada por Bento XVI a partir do Porto